Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

of 69 /69
Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda Ruy J.G.B. de Queiroz ERBASE 2014, Feira de Santana-BA

description

Apresentação de abertura da XIV Escola Regional de Computação Bahia, Alagoas e Sergipe (ERBASE 2014) realizada na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), em 20/05/2014

Transcript of Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Page 1: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Ruy J.G.B. de QueirozERBASE 2014, Feira de Santana-BA

Page 2: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Temas Contemporâneos

• A natureza da tecnologia e o crescimento exponencial da tecnologia da informação

• Tecnologias cívicas e a arquitetura de participação do ciberespaço

• Dados Abertos

• A economia digital: cauda longa, freemium, makers’ movement

• Liberdade de expressão e acesso à informação

• Sistemas colaborativos e a economia da produção social

• O domínio público

• Biblioteca digital universal

Page 3: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Temas Contemporâneos(cont.)

• Propriedade intelectual

• Privacidade / Surveillance

• Neutralidade da rede e os Monopólios da Informação

• Aprendizagem / Educação

• Anonimato no ciberespaço

• Ciberativismo, cibercrime e ciberguerra

• Jornalismo cidadão e jornalismo investigativo

• Transparência e cidadania digital

Page 4: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Dinheiro Digital e o Conceito de Criptomoeda• “A Era da Internet finalmente nos trouxe um

novo fenômeno conhecido como criptomoeda. Satoshi Nakamoto introduziu seu trabalho inovador Bitcoin para o mundo em 2009, marcando o alvorecer de uma nova era na história financeira da civilização humana.”

• “Uma criptomoeda é um meio de troca concebido em torno de trocar informações de forma segura que é um processo viabilizado por meio de certos princípios da criptografia.”

Page 5: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Bitcoin:Uma CriptoMoeda

Page 6: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

“Bitcoin: A Peer-to-Peer Electronic Cash System”

(bitcoin.org, 2008)• “Uma versão puramente peer-to-peer de dinheiro

eletrônico permitiria que pagamentos online fossem enviados diretamente de uma parte a outra sem passar por uma instituição financeira.

• Assinaturas digitais propiciam parte da solução, mas os principais benefícios são perdidos se uma terceira parte confiável ainda for necessária para evitar o duplo-gasto.

• Propomos uma solução ao problema do duplo-gasto usando uma rede peer-to-peer.”

• Publicado inicialmente na “The Cryptography Mailing list” em metzdowd.com

Page 7: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Marcos Tecnológicos• Nome Ano Criador Inovações

• RSA 1977 Ron Rivest public key cryptography

• Pr.Gen. Biz. 1982 Leslie Lamport mensagens inforjáveis

• ecash 1993 David Chaum pagto anônimo na Internet

• e-gold 1996 Douglas Jackson pagto em ouro digital

• hashcash 1997 Adam Back anti-spam proof-of-work

• Napster 1999 Shawn Fanning peer-to-peer file sharing

• Tor 2002 Roger Dingledine rede de anonimização

• Second life 2003 Philip Rosedale moeda e econ. virtual

• rpow 2004 Hal Finney proof-of-work token money

Page 8: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

“Why Bitcoin Matters”Marc Andreessen, NYT

Jan/2014• “Uma misteriosa nova tecnologia emerge, aparentemente do nada, mas na realidade como resultado de duas décadas de intensa pesquisa e desenvolvimento por pesquisadores quase anônimos.

• Idealistas políticos projetam sobre ela visões de liberação e revolução; elites do establishment revelam desprezo e descaso sobre ela.

• Por outro lado, tecnologistas – nerds – ficam fascinados por ela. Eles vêem nela um enorme potencial e passam noites e finais de semana mexendo com ela.”

Page 9: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

“Why Bitcoin Matters”Marc Andreessen, NYT

Jan/2014• “Em algum momento no futuro produtos

mainstream, empresas e indústrias emergem para comercializá-la; seus efeitos se tornam profundos; e mais tarde, muitas pessoas se perguntam por que sua grande promessa não estava mais óbvia desde o início.

• De que tecnologia estou falando? Computador pessoal em 1975, a Internet em 1993, e – acredito – Bitcoin em 2014.”

Page 10: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

“Why Bitcoin Matters”Marc Andreessen, NYT,

2014• “Bitcoin no seu nível mais fundamental é um

grande avanço em ciência da computação – um avanço que resulta de 20 anos de pesquisa em moeda criptográfica, e 40 anos de pesquisa em criptografia, por milhares de pesquisadores em todo o mundo.”

• “Bitcoin é a primeira solução prática de um problema em aberto em ciência da computação chamado de Problema dos Generais Bizantinos.”

Page 11: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Problema dos Generais Bizantinos

• “[Imagine] um grupo de generais do Exército Bizantino acampados com suas tropas em torno de uma cidade inimiga. Comunicando-se apenas por mensageiros, os generais têm que chegar a um acordo sobre um plano comum de ataque. Entretanto, um ou mais deles podem ser traidores que tentarão confundir os outros. O problema é encontrar um algoritmo para garantir que os generais leais vão chegar a um acordo.” (Lamport, Shostak & Pease, Journal of the ACM 1982)

Page 12: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Lamport, Shostak & Pease 1982

• “Mostramos que, usando apenas mensagens orais, esse problema é resolvido se e somente se mais de 2/3 dos generais forem leais; portanto, um único traidor pode confundir 2 generais leais.

• Com mensagens secretas inforjáveis, o problema é solúvel para qualquer número de generais e possíveis traidores.”

Page 13: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Bitcoin• Moeda global (abrev. BTC)• Bem diferente de moedas fiduciárias• Circula desde Janeiro de 2009• Não é emitida por nenhuma entidade• Peer-to-peer / descentralizada• Negociada pela internet• O protocolo é de código aberto• Até certo ponto anônima• Protegida por encriptação forte

(criptoMoeda)• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 14: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Bitcoin (cont.)• Se você souber o número da conta secreta

as moedas são suas• Os que transmitem as transações são

chamados de mineradores• O número máximo de Bitcoins será cerca de

21 milhões• Um bitcoin é uma unidade de medida• Um satoshi é um trilionésimo de bitcoin• Não é completamente ilegal ainda• Não é uma enrolação ou esquema do tipo

“enriqueça-rápido”• Pode mudar para sempre o conceito de

dinheiro• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 15: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

O Mecanismo Básico• As transações são publicadas na rede P2P

Bitcoin • Os mineradores (computadores) competem para

resolver um problema do tipo “prova-de-trabalho” em média a cada 10 minutos

• O minerador que vence publica um resumo das transações recentes em um bloco

• Os mineradores são premiados com novas moedas por terem publicado um bloco válido

• Os blocos são encadeados a blocos anteriores, criando assim uma “cadeia de blocos” (“block chain”)

• O valor de cada conta fica evidente no blockchain

• Espera-se que todos tenham acesso ao blockchain

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 16: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Surgimento do Bitcoin

• A versão original do programa Bitcoin-QT foi aparentemente escrita e publicada por uma pessoa que atende pelo nome de Satoshi Nakamoto.

• Algum tempo depois de ter iniciado o software, Sr. Nakamoto parou de se comunicar com os desenvolvedores que assumiram o projeto.

• Ninguém sabe quem Satoshi realmente é, mas seu inglês é muito bom assim como sua capacidade de programação

• Satoshi detém cerca de 1M bitcoins• Ele/Ela entregou o software Bitcoin com algumas

decisões de projeto incrivelmente perspicazes, mas até agora se recusou a aceitar o reconhecimento.

• O software é de código aberto e não é patenteado• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 17: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Existem os Desenvolvedores “Core”

• Os desenvolvedores que escreveram o núcleo do programa Bitcoin-QT ainda estão, na sua maioria, trabalhando no software

• São apaixonados pelo Bitcoin• Há muitos outros desenvolvedores e ferramentas

que emulam o protocolo• Carteiras digitais de alta-segurança• Mineradores• Casas de Câmbio• Intermediários

• Ninguém está realmente “em controle” mas algumas pessoas têm muito mais influência que outras

• É possível que desenvolvedores se distanciem e se tornem irrelevantes

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 18: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Existe uma “Bitcoin Foundation”

• Tenta representar Bitcoin• Sem fins lucrativos• Modelada à imagem da Linux Foundation• Trata-se de uma coalizão frágil de partes

interessadas• É ela quem paga aos desenvolvedores• Pequenos desentendimentos têm levado a

convocações para formar uma nova entidade• Parece muito próxima ao governo americano • Um membro foi preso até agora (Silk Road)

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 19: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Moedas Físicas• Fotos de moedas Bitcoin existem

• Algumas delas são de “brincadeira”

• Não são “Bitcoins de verdade” mas moedas de Casascius são supostamente negociáveis com Bitcoins

• Não são a melhor maneira de guardar Bitcoins

• Um cara em Utah as fabrica (Casascius)

• Elas têm até uma numeração!

• O US Government (FinCEN) fechou Casascius• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 20: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Carteiras Bitcoin• O termo “carteira Bitcoin" se refere a um arquivo

que contém o número ou números de contas que guardam valor

• Há também o software de carteira Bitcoin que serve para gerenciar transações

• Como Bitcoins têm valor, as carteiras devem ser encriptadas

• A numeração secreta pode ser impressa, geralmente como um código de barra

• Os valores Bitcoin impressos podem ser• Guardados num cofre• Mantidos em um backup sob forma de carteira

eletrônica• Usados como dinheiro impresso

• (traduzido/adptado de slide by J.Coman)

Page 21: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Particularidades do Bitcoin

• Totalmente eletrônica• Valor demonstrável• Transações rápidas• Transações de baixo custo• Divisível até 0,00000001 BTC• Nenhuma necessidade de usar terceiros• Incontrolável (Descentralizada)• Transações irreversíveis• Nada de duplo-gasto• Algum anonimato (pseudonimato)• Resistente à inflação• Deflacionária (Máximo de 21M serão emitidos)• Internacional• Amplamente aceita como moeda

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 22: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Usos para o Bitcoin

• Compras online • Gorjetas e doações• Micro-pagamentos• Transações que têm que ser irreversíveis

• Quando informação é transferida• Quando uma ação irreversível é realizada

• Transações inconfessáveis• Transações no mercado negro • Uma guarda de valor

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 23: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Usos para o Bitcoin (cont.)

• Investimento• Um local para esconder dinheiro• Jogos de Azar• Resgate• Fuga de moedas que estão em crise• Transações e financiamentos

internacionais• Compra de bens no exterior (lingua franca

de moedas)• Pagamento a funcionários estrangeiros

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 24: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Comparação ao Dólar Americano

US Dollar (Espécie)• Garantido pelos EUA

• Controlado pelos EUA• Em princípio, apenas

EUA• Criado pelo governo• Suprimento controlado

por política• Fácil de ser roubado

por assaltantes• Difícil de ser roubado

por hackers• Difícil de transmitir• Difícil de rastrear• Não-reembolsável• Usado para o crime

Bitcoin• Garantido apenas por

outros usuários• Controlado por

usuários• Internacional• Criado com base em

trabalho realizado• Emissão em

quantidade fixada• Difícil de ser roubado

por assaltantes • Mais fácil de ser

roubado por hackers• Fácil de transmitir• Difícil de rastrear• Não-reembolsável• Usado para o crime

Page 25: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Comparação ao Ouro

Ouro• Garantido por si mesmo?• Internacionalmente aceito• Suprimento controlado por

mineradores• Difícil/caro de armazenar• Não é fácil dividir• Difícil de usar para

transações• Pode ser usado para

fabricar jóias• Fácil de ser roubado por

assaltantes/invasores• Difícil de ser roubado por

hackers• Difícil de rastrear• Não-reembolsável

Bitcoin• Apoiado apenas por outros usuários

• Internacionalmente aceito

• Suprimento é fixo• Fácil de armazenar• Fácil de dividir• Fácil de usar para

transações• Fácil de fazer backups• Difícil de ser roubado

por assaltantes/invasores

• Fácil de ser roubado por hackers• Difícil de rastrear• Não-reembolsável

Page 26: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Suprimento

Page 27: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Divisibilidade• 1000 MilliBits = 1 BTC

• MilliBits é abreviado como mBTC

• No momento, sanduíches têm chance de ter seu preço em millibit

• Se Bitcoin vier a valer US$1.000.000, a menor quantidade de dinheiro que você será capaz de transacionar é de US$0,01 em valor

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 28: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Transações Reversíveis:O Lado Bom

• Tomam a forma de reembolsos• Reversibilidade “protege consumidores” permitindo

que uma autoridade (no final das contas, o governo) possa mediar transações

• Proteção de vendedores inescrupulosos• Recuperação de roubo de identidade• Transferências acidentais podem ser corrigidas• Embora sejam caras, a maioria das pessoas

demandam transações reversíveis de seus governos

• O governo dos EUA acha que reembolsos são importantes

• Nos US, quase todas as transações que não envolvem dinheiro em espécie são reversíveis

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 29: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Transações Reversíveis:O Lado Ruim

• Permitem que vendedores sejam trapaceados, aumentando os custos para todos

• Exigem muito trabalho dos vendedores de coordenar

• Exigem fiscalização intensa por parte do governo• Torna óbvia a necessidade de coleta intensa de

dados do consumidor para verificação do crédito na praça

• Cara e lenta• Impede micro-pagamentos• Deixa o pobre de fora de muitas transações de

crédito• (traduzido/adptado de slide by J.Coman)

Page 30: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Transações Irreversíveis

• Transações em Bitcoin são todas irreversíveis

• Mas, para algumas transações, as pessoas não desejam carregar o peso da fiscalização do governo

• Se você usa dinheiro em espécie ou moedas, você está familiarizado com irreversibilidade

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 31: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Anonimato• Bitcoin propicia algum anonimato

(pseudonimato)• Endereços Bitcoin são como contas

bancárias numeradas com uma senha• O fluxo de dinheiro de endereço a endereço

é completamente público• Você pode tentar negar que você “tem”

BTC• Você pode tentar negar para onde foram os

BTC• Há maneiras de se aumentar o anonimato

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 32: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Silk Road Website• Um website do mercado negro que começou na rede TOR

network a partir de Fevereiro de 2011• Bitcoin é anterior ao Silk Road• Transações são pagas com Bitcoin• Usa um sistema de custódia para reduzir o abuso• Parece com o eBay, mas a maioria é ilegal—mais

notadamente, drogas• Fechado pelo FBI em 02/Out/2013 e um líder suspeito

(Dread Pirate Roberts) foi preso • Muitos milhões de dólares em BTC foram confiscados de

pessoas de todo o mundo, embora elas não tenham violado nenhuma lei

• Em 06/Nov/2013 o website reabriu como 2.0, aparentemente com nova direção, mas ele se autodenomina DPR

• Silk Road é apenas o marketplace mais bem sucedido para bens do mercado negro. Existem outros

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 33: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

A Tecnologia por trás do BTC

• Hashing (duplo-SHA256, RIPEMD-160)

• Prova-de-trabalho (prova de hashcash)

• Encriptação de chave pública (Algoritmo de Assinatura Digital em Curvas Elípticas, Árvores de Merkle)

• Peer-To-Peer (semelhante ao IRC Internet Relay Chat)

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 34: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Hashing• Hashing é aplicar um algoritmo para encontrar

uma sequencia curta de números (“digest”) para garantir a integridade de um bloco de dados

• Um checksum é um exemplo de algoritmo de hashing

• Hashes são unidirecionais. Se você tem os dados (e a chave-semente), você pode encontrar o hash. Mas, se você tem o hash, não dá para adivinhar os dados.

• Hashes são úteis para verificar a integridade de dados

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 35: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Checksum como Hash

• Checksums são ruins como hash (embora fácil de fazer)

• SHA256 é um “algoritmo de hash seguro” que produz 256 bits de saída (equivalente a um número de 78-dígitos)

• Um checksum não muda se a ordem for alterada

• Com o SHA256, qualquer mudança mínima nos dados sendo hashed vai mudar completamente o valor de hash de saída

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 36: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Prova-de-Trabalho• Algoritmo hashcash concebido para prevenir spam• Um hash parece uma cadeia aleatória de 256 bits• A cada vez que você modifica algo sendo hashed,

(por exemplo, com um vetor de inicialização) o hash muda completamente

• Há uma chance de 50% de que o primeiro bit seja 0• Se você modificar um pouquinho o dado a ser hased,

você poderia tentar algumas vezes a obter um com o primeiro bit 0

• Primeiros 2 bits: 25%• Primeiros 10 bits: 0.0977%• Encontre um hash com os primeiros 63 bits como 0

(0.00000000000000001%), e aí você pode publicar um bloco e ganhar 25 Bitcoins

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 37: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Assinatura Digital• Assinaturas digitais provam que os dados que vieram assinados

foram de fato do signatário

• Para assinar um texto devo• Produzir um hash do texto com a chave simétrica privada de uma

função de hash• Produzir um outro hash com a chave assimétrica privada do

sistema de chave dual• Enviar esse hash resultante juntamente com o texto

• Para provar que assinei o texto• Usar a chave simétrica privada para produzir um hash a partir do

texto• Usar a chave assimétrica pública para produzir um hash a partir

do hash que foi recebido• Verificar se os valores calculados nos dois passos anteriores são

iguais• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 38: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Peer-to-Peer• Bitcoin originalmente usava Internet Relay Chat

• Quando um peer inicializa, ele obtém uma lista de outros peers e vai procurar por peers que não estejam muito ocupados

• Peers compartilham informações sobre transações recentes e blocos históricos

• Blocos são verificados com assinatura baseada em árvores de Merkle

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 39: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Ameaças ao Bitcoin• Criptomoedas concorrentes (Efeitos de

rede)• Bifurcação do blockchain devida a

conflitos filosóficos• Ataques do governo• Ataques de negação de serviço • Hackers roubando moedas• Erro irrecuperável no protocolo• Avanços na quebra da criptografia

(computadores quânticos?)• Perda de confiança devido à volatilidade• Abandono por parte dos entusiastas

iniciais• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 40: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Ameaças ao Bitcoin (cont.)

• Redlisting• Imposição por poder de processamento• Pressão das empresas Visa/MasterCard• Pressão de Provedores de Internet • Aumento esmagador no volume• Problema dos mineradores egoístas• Transações mutáveis• Alguns receiam que o número de transações

diárias chegue em breve ao máximo de 300.000

• Outros acreditam que o tamanho do blockchain, que triplicou em 2013 para 15GB, acabe impossível de armazenar para muitos participantes da rede

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 41: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Regulação do Bitcoin• Falta de regulação está impedindo que grandes

instituições entrem no mercado• Bitcoin é um sistema peer-to-peer (difícil de

apreender)• Bitcoins não são sequer presos ao protocolo de

rede atual• Bitcoin é em grande parte “externa” aos EUA –

grandes casas de câmbio estão fora dos EUA• Para interromper negociações com o bitcoin, o

governo dos EUA vai ter que entrar no seu computador

• Bloquear os EUA de usar Bitcoins vai atrapalhar sua participação em uma provável revolução tecnológica; empresas americanas perderão contratos

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 42: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Regulação do Bitcoin (cont.)

• Os EUA têm uma rede estabelecida de traficantes de drogas• Pagar por drogas com bitcoin faz sentido• Aceitar bitcoins por drogas faz sentido• Traficantes vão provavelmente dispor de Bitcoin para

vender• O crime organizado não rejeitaria uma nova maneira

de ganhar dinheiro (Bitcoin trade)• É possível controlar o uso legal de Bitcoin nos limites de

países dedicados, mas é muito difícil de pegar os criminosos de bitcoin

• Bitcoin pode se adaptar em torno da regulação• Os EUA já tem cerca de $1,5 Trilhões em espécie no

exterior.• A caixa de Pandora já está aberta• Moedas virtuais representam uma ameaça crível à

capacidade de nações soberanas de governar• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 43: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

A República Popular da China

• Tal qual Americanos, alguns Chineses têm um desejo de esconder um pouco de sua riqueza

• É possível que o governo chinês não proíba Bitcoins—P’ra eles seria pior que o Dólar Americano?

• Tal qual os EUA, o ambiente regulatório na China é ambíguo

• O povo chinês (talvez mais do que o americano) gosta de jogos de azar

• Há indicações que o cidadão chinês já começa a se apropriar de Bitcoins em larga escala

• Algumas das grandes casas de câmbio estão na China• Mais nós completos da rede estão rodando na China do

que em qualquer outro país any• O povo chinês pode comprar Bitcoins com Renminbi ou

USD• Os chineses guarda um monte de USD

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 44: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Mineração• Resultado da publicação no blockchain• É dessa forma que novos Bitcoins são criados

• Mineradores publicam blocos no blockchain• Como recompensa por publicar blocos, eles

obtêm o direito de ganhar Bitcoins. (50 pelos primeiros 4 anos, 25 atualmente, caindo pela metade cada 4 anos)

• Mineradores também recebem taxas de transação

• Corrida para encontrar um hash adequado a cada 10 minutos

• Não vale a pena (a menos que você tenha dinheiro, tempo, e uma habilidade subutilizada de engenheiro eletricista)

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 45: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Mineração (cont.)• Incrivelmente competitivo• Arriscado• Alto investmento inicial• Tecnologia está evoluindo rapidamente• Hoje demanda hardware especializado (ASIC

chip)• Mineradores racionalmente devem se juntar

a um “guild”• O poder computacional combinado dos

mineradores é milhares de vezes mais poderoso que os super computadores mais potentes do mundo

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 46: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Como Bitcoins são Criados• A cada 10 minutos (em média), mineradores

tentam resolver um problema de prova-de-trabalho

• O primeiro a resolver o problema publica um “bloco” no “blockchain” que inclui todas as transações dos últimos 10 minutos

• Em 2009, a recompensa por publicar um bloco era 50 Bitcoins. Hoje é 25. Em 2016 será 12,5 Bitcoins

• Com a divisão por 2 constante, em algum momento no futuro haverá apenas cerca de 21 milhões de Bitcoins

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 47: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Como Bitcoins NÃO são Criados

• Não se pode pagar para criar extra coins. Elas só podem ser mineradas

• Não há um banco central para criá-los

• Os desenvolvedores não podem adicionar extra Bitcoins. Outros usuários se rebelariam e não aceitariam a nova versão do software

• Mineradores não podem minerar extra ou mais rápido em resposta a forças de mercado

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 48: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Blockchain• Mineradores publicam um bloco de transações

recentes a cada 10 minutos em média

• Cada bloco é demonstravelmente relacionado ao anterior

• Toda transação é armazenada no blockchain

• Se houver desacordos sobre blocos válidos, o blockchain pode bifurcar

• Mineradores adicionam à cadeia boa mais longa

• Buscas nos blockchain pode revelar muita coisa interessante

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 49: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Bitcoins Já Foram Roubadas

• Um estudo realizado pelo laboratório da empresa de segurança Kaspersky revelou que o número de crimes envolvendo a moeda virtual bitcoin cresceu 2,5 vezes em 2013, ano que ocorreram surpreendentes 8,3 bilhões de incidentes.

• Virus podem roubar seus Bitcoins• Botnets já mineraram Bitcoins• O bitcoin foi notícia no início de 2014

quando a bolsa com sede em Tóquio Mt. Gox entrou com pedido de falência depois de comunicar a perda de 750 mil bitcoins em um ataque de invasores.

Page 50: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Segurança da Carteira de Bitcoins

• Mantenha chaves offline• Encripte sua carteira• Faça cópias em backup de sua carteira• Se for guardar suas economias em casa, ponha

em um computador que você usa APENAS para bitcoins

• Mantenha múltiplas carteiras• Sempre receba dinheiro para um novo

endereço• Carteiras online: use autenticação de 2-fatores• Não gaste de seus endereços de “poupança”• Nada de ficar falando p’ra todo mundo sobre

seus bitcoins• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 51: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Bitcoins NÃO têm qualquer Valor

Intrínseco?• Qual é o valor intrínseco de um US Dollar?• Qual é o valor intrínseco do ouro? Será que

jóias e contatos elétricos lhe dão o valor?• Problema clássico galinha/ovo• A maioria das moedas têm valor porque as

pessoas lhe dão valor• Qual é o valor intrínseco do eBay? Nenhum

porque eles não vendem nada, mas são apenas uma plataforma?

• Será que os méritos do protocolo não têm valor intrínseco?

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 52: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Seria o Bitcoin um Esquema de Ponzi?

• Charles Ponzi nos anos 1920s fraudou investidores

• Bernie Madoff fez o mesmo em 2008• Muito comum• Esquema de Ponzi:

• Retornos exagerados são prometidos • Retiradas iniciais: dinheiro dos outros

• Depende da falta de transparência• Todos podem ver seus Bitcoins• Já houve esquemas de Ponzi em Bitcoin

Page 53: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

O Mercado de Bitcoin é Ilíquido

• O mercado de Bitcoin é de atualmente cerca de US$7 bilhões

• Mas, se alguém quisesse comprar tudo isso, descobriria que o mercado se tornou bem maior antes que ele adquirisse uma proporção substancial

• Liquidez aumentará à medida que o mercado (e o preço) expandir

Page 54: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Preço do Bitcoin é Muito Volátil

• Bitcoin é uma tecnologia ainda nova, e a tendência é que estabilize

• Até o preço do ouro é volátil• Não se vê facilmente, mas o próprio

Dólar é volátil comparado com outras moedas e commodities

• O preço é volátil porque as pessoas estão comprando e vendendo

• Bitcoin é atraente aos traders porque é volátil

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 55: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Mineração de Bitcoin é Desperdício (?)• O algoritmo Hashcash é quase inútil exceto

dentro do protocolo Bitcoin• Tem que mostrar que trabalho foi realizado• Tem que ser baseado no bloco anterior• Tem que ser facilmente verificável

• Se o algoritmo for útil para alguém, esse alguém provavelmente tem uma vantagem

• Mudar o algoritmo seria bastante disruptivo para o Bitcoin

• Algumas altcoins tentam resolver esse problema, mas abrem vulnerabilidades ao fazer isso

• Ninguém encontrou uma alternativa aceitável

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 56: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Altcoins• Moedas virtuais alternativas• Algumas de destaque

• Litecoin• Feathercoin• Namecoin• PPCoin/Peercoin• Zerocoins• Mastercoin• Quark• Devcoin• Dogecoin• Terracoin• Bytecoin• BRcoin• etc

• Todas baseadas em versões do código-fonte do Bitcoin• Todas aparentemente moribundas

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 57: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Famosos sobre Bitcoins• Sir Richard Branson vende viagem ao espaço

por bitcoin (Virgin Galactic)• Os “Winklevoss Twins” (Facebook) têm

108,000 BTC e querem iniciar um Exchange Trade Fund ETF

• Muitos venture capitalists estão financiando startups (Fred Wilson, Marc Andreessen)

• Ben Bernanke: “pode ser uma promessa de longo prazo”

• Marc Andreessen (fundador da Netscape) – “Bitcoin oferece uma enorme janela de oportunidades”

• Jamie Dimon (CEO JPM) – “Bitcoin é uma guarda terrível de valor.”

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 58: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Famosos sobre Bitcoins (cont.)

• David Woo (BofA/ML) “Como meio de troca, Bitcoin tem claro potencial para o crescimento.”

• Goldman Sachs – “Bitcoin pode emergir como o padrão reinante [de transações nativamente digitais]”

• Al Gore – “Sou um grande fã do Bitcoin”• David Marcus (Pres. do PayPal) “Eu realmente gosto do

Bitcoin. Eu tenho bitcoins.”• Jim Cramer (Mad Money) disse que sem um banco

central Bitcoin não é uma moeda e “o Tesouro deveria ter fechado o Bitcoin”

• The Washington Post: “Bitcoin é uma loucura”• The New York Times: “Como pode o bitcoin ser mais do

que uma moda passageira?”• Paul Krugman (Nobel winning Keynesian Economist) –

“Bitcoin é do Mal”• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 59: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Como obter Bitcoins

• Coinbase

• Bitstamp

• Localbitcoins

• Máquinas “ATM” Bitcoin em Chicago, Seattle, Austin

Page 60: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Últimas• Mt. Gox havia declarado falência

• Maior casa de câmbio• Problemas com os Feds• Experimentou problemas com saques em moedas

fiduciárias• Também teve problemas com saques em Bitcoin

• Silk Road (ou hackers) roubou tudo do site

• ATMs estão sendo instaladas nos USA

• Nos EUA, pode ser usada como doação para campanha política

• Gêmeos Winklevoss (Facebook) entraram com um registro de ETF

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 61: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Bitcoin como“Internet do Dinheiro”

• “As pessoas estão simplesmente começando a se dar conta de que o Bitcoin não é uma moeda e um sistema de pagamento, é a Internet do Dinheiro,” David Johnston, co-fundador da BitAngels

• “Há um crescente reconhecimento, mesmo entre firmas financeiras, de que o design subjacente do Bitcoin pode ser usado para qualquer transação que exija algum grau de de verificação. Em um report este mês, o Goldman Sachs Group Inc. disse que, enquanto que o Bitcoin provavelmente não será viável como uma moeda, a tecnologia básica “poderia ser uma grande promessa.” O futuro do Bitcoin como a Internet do Dinheiro foi um dos tópicos mais quentes na conferência CoinSummit em San Francisco essa semana.” (Olga Kharif, 28/Março/2014)

Page 62: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Fatos• Valor atual do Bitcoin US$445

• Recompensa por encontrar um bloco 25

• Dificuldade de mineração

• Número de blocos 301.643

• Dollars moving into Bitcoins per day: Bitcoin transactions in February averaged $68 million a day, compared with daily averages of $225 million for Western Union and $492 million for PayPal as of the end of 2013 (Market Watch, Abr/2014)

Page 63: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Fungibilidade• Substituição mútua (Trocabilidade)

• Crítico para o sucesso de uma moeda

• Dólares americanos têm número de série. Bitcoin tem o blockchain

• Coin Validation empresa privada que planeja rastrear bitcoins

• Redlisting (blacklisting) de contas Bitcoin pode significar um risco ao crescimento da moeda

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 64: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Transações “m de n”• Transações têm um endereço de entrada e um endereço de

saída

• Endereços de saída podem ser scripts

• Scripts podem ter mais de um endereço (n)

• Às vezes apenas um certo número (m) dos endereços precisam estar assinados

• Podem ser usados para custódia, planejamento de propriedade, e muitos outros usos

• Trata-se de “dinheiro programável”• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 65: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Incentivos• Mineradores desejam publicar a blockchain, porque

ganham por isso• Grupos querem agradar os mineradores para atraí-los• Grupos e Mineradores querem que Bitcoin progrida porque

investiram bastante• Consumidores querem guardar Bitcoins porque seu valor

espera-se que cresça• Consumidores querem gastar Bitcoins porque os custos de

transação são baixos, imediatos, e existe algum anonimato• Comerciantes querem aceitar Bitcoin

• Porque as transações não são reversíveis• Recebem imediatamente• Acumulam Bitcoin• Podem ser flexíveis com consumidores• Podem fazer propaganda na comunidade Bitcoin

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 66: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Transação em Bitcoin• Vendedor cria um par de chaves (novo)• Vendedor mostra ao cliente o código de barra

pedindo ao cliente que envie a quantia ao endereço criado

• Cliente faz a leitura do código de barra com o software de carteira digital (em um smartphone, por exemplo)

• O software de carteira pergunta se confirma o envio da quantia solicitada. Cliente aprova

• Senha é fornecida para descriptografar a chave privada

• Mensagem com a transação é enviada à rede bitcoin• Vendedor recebe a notificação da transação na rede

bitcoin• Vendedor opcionalmente espera pela confirmação do

bloco• Cliente é informado de que a transação está

completada• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 67: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Provas de Conhecimento-Zero

• Poderia propiciar completo anonimato

• Proposto para o Bitcoin

• Implementado no Zerocoin

• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 68: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Mt. Gox• A casa de câmbio original do Bitcoin

M Magic

t The

G Gathering

o Online

x eXchange

• Tem enfrentado dificuldade significativa em lidar com o volume

• Tem colocado a culpa em transações mutáveis• (traduzido/adaptado de slide by J.Coman)

Page 69: Bitcoin e o Conceito de CriptoMoeda

Casas de Câmbio Bitcoin

• Mt. Gox – Tokyo, Japão• Coinbase - EUA• Bitstamp - Eslovênia• BTC-e – Bulgária?• Bitfinex – Hong Kong• CampBx – Atlanta, Georgia, USA• Kracken – San Francisco/Alemanha?• BTCChina – Shanghai, PRC• Huobi – Hong Kong?• Bitcoin.de - Alemanha