BIREME / OPAS / OMS - Modelo da Biblioteca Virtual em Saú · PDF fileGuia 2001 para o...

Click here to load reader

  • date post

    02-Dec-2018
  • Category

    Documents

  • view

    214
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of BIREME / OPAS / OMS - Modelo da Biblioteca Virtual em Saú · PDF fileGuia 2001 para o...

  • BIREME / OPAS / OMS

    Centro Latino-Americano e do Caribe de Informao em Cincias da Sade

    Metodologias da BVS

    Guia 2001 para o desenvolvimento da

    Biblioteca Virtual em Sade

    Verso preliminar

    So Paulo - 2001

  • Copyright 2001 - BIREME / OPAS / OMS

    Guia 2001 para o desenvolvimento da Biblioteca Virtual em Sade

    Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicao pode ser reproduzida, utilizada

    em sistemas de recuperao de informao, ou transmitida, em qualquer forma ou por qualquer

    meio eletrnico, fotocpia mecnica ou digital, gravao ou outro, sem autorizao prvia da

    BIREME / OPAS / OMS.

    Ficha Catalogrfica

    BIREME / OPAS / OMS (Brasil)

    Guia 2001 para o desenvolvimento da Biblioteca Virtual

    em Sade. / BIREME / OPAS / OMS. So Paulo : BIREME /

    OPAS / OMS, 2001.

    43 p.

    1. Manual do usurio. 2. Acesso informao. 3. Sistemas

    de informao. 4. Gerenciamento de informao. 5.

    Sade Pblica. 6. Servios de sade. I. BIREME II. Ttulo

    Advertncia - A meno a companhias e/ou instituies especficas ou a certos produtos no

    implica que estes sejam apoiados ou recomendados por BIREME / OPAS / OMS, e no significa

    que haja preferncia em relao a outros de natureza similar, citado ou no.

    BIREME / OPAS / OMS

    Centro Latino-Americano e do Caribe de Informao em Cincias da Sade

    Rua Botucatu, 862 - V. Clementino

  • Sumrio

    1 Introduo .................................................................................................1 2 A BVS em perspectiva ...................................................................................2 3 Produo de fontes de informao na BVS ....................................................... 10

    3.1 Produo das fontes de informao secundrias na BVS.................................... 11 3.1.1 Bases de dados bibliogrficos ............................................................. 12

    3.1.1.1 LILACS ...................................................................................... 12 3.1.1.2 Bases especializadas ..................................................................... 15 3.1.1.3 Integrao SciELO/LILACS............................................................... 15

    3.1.2 Catlogo Coletivo de Revistas Cientficas .............................................. 16 3.1.2.1 Contribuio base de dados SeCS ................................................... 16 3.1.2.2 Portal de revistas cientficas ........................................................... 17

    3.1.3 Diretrios..................................................................................... 17 3.1.3.1 Diretrio de Especialistas e/ou Pesquisadores ...................................... 18 3.1.3.2 Diretrio de Instituies ................................................................ 19 3.1.3.3 Diretrio de Projetos de Pesquisa ..................................................... 20 3.1.3.4 Diretrio de Eventos ..................................................................... 20 3.1.3.5 Diretrio de Cursos....................................................................... 21

    4 Produo de textos completos na BVS............................................................. 23 4.1 Modelo SciELO para a publicao de revistas cientficas ................................... 24 4.2 Outros documentos em texto completo ....................................................... 25

    5 Os componentes integradores da BVS ............................................................. 26 5.1 DeCS - Descritores em Cincias da Sade ..................................................... 26 5.2 LIS - Localizador de Informao sobre Sade................................................. 27

    6 Servios Cooperativos de Acesso on-line.......................................................... 29 6.1 Busca em fontes de informao ................................................................ 29 6.2 Servio de acesso a documentos................................................................ 30

    6.2.1 Servio SCAD da BVS ........................................................................ 30 6.2.2 Servio SCAD nacional ...................................................................... 31

    6.3 Disseminao Seletiva de Informao.......................................................... 32

    I

  • Guia 2001 para o desenvolvimento da Biblioteca Virtual em Sade Sumrio

    Anexo 1 - Modelo de projeto para o desenvolvimento da BVS em mbito nacional e/ou temtico........................................................................................................ 34

    Projetos propostos: ........................................................................................ 35 Exemplo:..................................................................................................... 36 Matriz de responsabilidades .............................................................................. 37

    Anexo 2 - Indicadores de avaliao do desenvolvimento nacional e temtico da BVS ........ 38

    II

  • 1 Introduo

    Este guia tem como objetivo orientar o processo de implementao da Biblioteca Virtual em Sade

    (BVS) no mbito dos pases da Amrica Latina, Caribe e Espanha e de reas temticas especficas.

    As orientaes visam fortalecer e ampliar a capacidade de operao da BVS, e por isso devem ser

    avaliadas, adotadas e aplicadas luz das condies locais e especficas de cada pas ou de cada rea

    temtica.

    O contedo do guia utiliza textos anteriores sobre o desenvolvimento da BVS, particularmente o

    Guia 1999 para o desenvolvimento da Biblioteca Virtual em Sade

    .

    O guia procura refletir a experincia e os progressos alcanados at agora na concepo da BVS

    como espao comum de produtores, intermedirios e usurios de informao tcnico-cientfica

    sobre sade, assim como na formulao de polticas e procedimentos para sua implantao e, mais

    especificamente, nas metodologias para criao e operao de fontes de informao.

    1

    http://www.bireme.br/bvs/reuniao/doc/guia1999_3.htm

  • 2 A BVS em perspectiva

    A BVS opera no paradigma da informao e da comunicao da Internet.

    Na Internet, os usurios tm e solicitam contato direto on-line com redes de fontes de informao

    e com outros usurios em um contexto dinmico, sem as restries de espao geogrfico, tempo,

    tamanho e extenso que caracterizavam o acesso a produtos e servios de informao operados

    nos limites fsicos das bibliotecas e centros de documentao tradicionais.

    A Internet oferece a seus usurios um poder indito ao ampliar radicalmente sua capacidade

    individual e coletiva de tomar decises com base em informao atualizada. Ao mesmo tempo, h

    uma presso constante sobre produtores e intermedirios de informao para que ofeream

    opes mais eficazes, inovadoras e atraentes de disseminao, interao, integrao, mediao e

    navegao com as mais diversas fontes de informao, para atender s demandas crescentes de

    informao das mais diversas comunidades de usurios e dos mais diversos contextos. A sade,

    em particular, um dos temas que mais se trabalha e que mais se busca na Internet.

    Na BVS, a confluncia de produtores, intermedirios e usurios de informao tcnico-cientfica se

    traduz, na prtica, em uma rede dinmica de fontes de informao, criadas e operadas de modo

    cooperativo e descentralizado e submetidas a controles de qualidade explcitos.

    O paradigma da informao e da comunicao da Internet universal, no sentido em que se aplica

    a todas as reas do conhecimento e a todos os pases em suas diferentes etapas de

    desenvolvimento social e econmico. Com a Internet, surge pela primeira vez a possibilidade real

    2

  • Guia 2001 para o desenvolvimento da Biblioteca Virtual em Sade

    A BVS em perspectiva

    de disseminao e de acesso universal e eqitativo ao conhecimento cientfico atualizado. Porm, a

    ampliao da cobertura da Internet requer polticas pblicas que contemplem especialmente

    investimentos substanciais em infra-estrutura de tecnologias da informao e da comunicao,

    assim como no estabelecimento e na operao de redes de proviso e acesso a contedos locais,

    regionais e internacionais. Grandes parcelas da populao, em particular nos pases em

    desenvolvimento, so excludas do acesso Internet e a seus contedos. Com isso, sua capacidade

    de deciso com base em informao atualizada reduzida, comparada com a da parcela da

    populao que utiliza a Internet. A superao desse fenmeno, conhecido como excluso digital ou

    abismo digital, decisiva para o desenvolvimento social e, especificamente, da sade. A BVS

    contribui para essa superao na rea da sade.

    Nesse sentido, a BVS constitui-se como parte integrante do fluxo de informao tcnico-cientfica

    sobre sade dos pases da regio da Amrica Latina, Caribe e Espanha, promovendo sua constante

    ampliao e fortalecimento no sentido de assegurar o acesso eqitativo e universal s fontes de

    informao relevantes para o desenvolvimento da sade. importante salientar que a superao

    da excluso digital no se resume a garantir o acesso s fontes de informao internacionais. A

    insero digital significa dispor de capacidade local de operar fontes de informao baseadas em

    contextos locais que estejam conectados aos fluxos internacionais da corrente principal.

    O fundamento da BVS reside no fato de que o acesso informao tcnico-cientfica um

    determinante essencial, indispensvel para o desenvolvimento social.

    As decises sobre temas de sade tornam-se mais eficientes e menos incertas quando se

    fundamentam nas melho