Aula 2 - Agregados para a constru§£o civil

download Aula 2 - Agregados para a constru§£o civil

If you can't read please download the document

  • date post

    10-Aug-2015
  • Category

    Documents

  • view

    163
  • download

    4

Embed Size (px)

Transcript of Aula 2 - Agregados para a constru§£o civil

Instituto Federal de Educao Tecnolgica

Departamento de Construo CivilCurso Superior de Tecnologia em ESTRADAS

Aula 2: Agregados para a construo civil

Definio

AGREGADOS

Material granular inerte (pedra, areia, etc.), que participa da composio de concretos, argamassas e alvenarias, e cujas partculas so ligadas entre si por um aglutinante (cimento).

um material sem forma ou volume definido, geralmente inerte, de dimenses e propriedades adequadas para produo de argamassa e concreto (NBR - 9935).Fonte: Aurlio

AGREGADOSO que se espera do agregado:

Quimicamente inertes Fisicamente compatveis Cimento Armadura Durveis Expostos a solicitao Boa aderncia com a pasta Formas e dimenses definidas

AGREGADOS

IMPORTNCIA ECONMICA Custo do agregado < < custo do cimento Ocupam de 60 a 80 % do m3 de concreto Produo nacional > 200 milhes de ton / ano

AGREGADOSIMPORTNCIA TCNICA

Influenciam muitas propriedades do concreto no estado fresco e endurecido Trabalhabilidade Retrao por secagem Propriedades mecnicas Desgaste por abraso

AGREGADOS CLASSIFICAO GERAL DOS AGREGADOS

ORIGEM

DIMENSES

MASSA UNITRIA

AGREGADOSCLASSIFICAO QUANTO ORIGEM Naturais aqueles utilizados tal como encontrados na natureza (areia de rio, seixo rolado, pedregulho, areia artificial,pedra britada) Artificiais aqueles que so obtidos industrialmente, ou melhor, atravs de um processo industrial (poliestireno expandido, argila expandida, vermiculita)CURSO: TECNOLOGIA DO

AGREGADOSCLASSIFICAO QUANTO DIMENSO FILLER < 0,075 mm

MIDO

0,075 a 4,8 mm

GRADO

4,8 a 152 mm

CURSO: TECNOLOGIA DO

AGREGADOS

CLASSIFICAO COMERCIALBrita 0 Brita 1 4,8 a 9,5 mm 9,5 a 19,0 mm 19,0 a 25,0 mm 25,0 a 38,0 mm

Brita 2Brita 3 Brita 4 Brita 5

38,0 a 76,0 mm> 76,0 mm

AGREGADOS

QUANTO MASSA UNITRIA Leves (M < 1000kg/m3) argila expandida, vermiculita, etc... Normais (1000 2000 kg/m3) barita, hematita, etc...

Superfcie especfica

AGREGADOS PROPRIEDADES FSICAS Distribuio granulomtrica Massa unitria Massa especfica Umidade e absoro Forma do gro

AGREGADOS DISTRIBUIO GRANULOMTRICA Determinao da distribuio dos tamanhos dos gros do agregado

Feita por peneiramento

Resulta: dimenso mxima Dmx mdulo de finura MF

AGREGADOS

Curva granulomtrica

Agregados

Anlise granulomtrica de uma areia

CURSO: TECNOLOGIA DO

ndices fsicos Granulometria

ndices fsicos Granulometria Determinao da distribuio dos tamanhos dos gros

Descontnua

Agregados

Dimenso mxima caracterstica (DMC) a abertura de peneira qual corresponde uma porcentagem retida acumulada igual ou imediatamente inferior a 5%.

CURSO: TECNOLOGIA DO

Agregados

Dimenso mxima caracterstica (DMC) Condicionantes: Dimenses da pea Espaamento nas armaduras Tipo de lanamento

CURSO: TECNOLOGIA DO

Agregados

Mdulo de finura (MF) a soma das porcentagens retidas acumuladas nas peneiras da srie normal, dividida por 100.

CURSO: TECNOLOGIA DO

Agregados

Anlise granulomtrica de uma areiaPeneira (mm) Massa retida (g)Amostra 1 Amostra 2 Amostra 1 % retida Amostra 2 Mdia % acum.

6,3 4,75 2,4 1,2

0,0 17,0 48,0 107,0

0,0 14,0 50,0 95,0

0,0 2,8 10,0 19,0

0,0 3,4 9,5 21,1

0 3 10 20

0 3 13 33

0,6 0,30,15 80% (Temperatura como catalisador)

REAO ALCALI AGREGADO (RAA) Edifcio em Recife

REAO ALCALI AGREGADO (RAA) Edifcio em Recife

AGREGADOS

AGREGADOS

ndices fsicos Exerccios 1) Pesou-se 1kg de agregado na temperatura ambiente. Deixou-se essa massa de agregado em estufa a 100 C por 24 horas. Imediatamente aps retir-la da estufa, pesou-se novamente o agregado, obtendo-se 990g. Posteriormente, imergiu-se o agregado em gua por 24 horas, pesando-o, obtendo-se uma massa de 1015g. Posteriormente, secou-se a superfcie dos agregados, obtendo-se uma massa de 1010g. Calcular: -teor de umidade para cada condio - absoro

ndices fsicos Exerccios 2) Pesou-se 1kg de um agregado de massa unitria igual a 1,4 kg/dm3. Considerando que o volume de vazios na amostra 0,60dm3, calcule: - a porosidade da amostra; - o ndice de vazios da amostra;

ndices fsicos Exerccios 3) Encheu-se o frasco de Chapman at este completar 200ml de volume. Em seguida, colocou-se 500g de agregado mido no mesmo, agitando o conjunto para a retirada do ar aprisionado. Em seguida, leu-se o novo volume marcado no frasco, de valor igual a 395ml. Calcule a massa especfica aparente do agregado.

ndices fsicos GranulometriaPeneira (mm) Massa retida (g)Amostra 1 Amostra 2 Amostra 1 % retida Amostra 2 Mdia % acum.

6,3 4,75 2,4 1,2 0,6 0,3 0,15

0,0 17,0 48,0 107,0 94,0 150,0 80,0

0,0 14,0 50,0 95,0 107,0 144,0 75,0

0,0 2,8 10,0 19,0 21,4 28,8 15,0

0,0 3,4 9,5 21,1 18,6 29,6 15,8

0 3 10 20 20 29 15

0 3 13 33 53 82 97

0,5 e C/B>0,5) - Forma alongada: (B/A0,5) - Forma lamelar: (B/A>0,5 e C/B