Arquivo Base - Curso PP PMMT - MAI2012

download Arquivo Base - Curso PP PMMT - MAI2012

If you can't read please download the document

  • date post

    26-Jul-2015
  • Category

    Documents

  • view

    65
  • download

    6

Embed Size (px)

Transcript of Arquivo Base - Curso PP PMMT - MAI2012

LEGISLAODecreto n. 96.044 de 18 de maio de 1988, aprovou o Regulamento para o Transporte Rodovirio de Produtos Perigosos (RTPP); Decreto n. 1.797 de 25 de janeiro de 1996, decreta o Acordo de Alcance Parcial para a Facilitao de Transporte de Produtos Perigosos entre BRASIL, ARGENTINA, PARAGUAI e URUGUAI; Decreto n. 4.097 de 23 de janeiro de 2002, altera a redao dos Art. 7 do RTPP; Resoluo n. 420 da Agencia Nacional de Transportes Terrestres de 12 de fevereiro de 2004, publicada em 31 de maio de 2004 que aprova instrues complementares ao Regulamento para o transporte Rodovirio e ferrovirio de Produtos Perigosos Resoluo n. 701 da Agencia Nacional de Transportes Terrestres de 25 de Agosto de 2004, publicada em 31 de agosto de 2004 que aprova instrues complementares a Resoluo n. 420 da Agencia Nacional de Transportes Terrestres Resoluo n. 1644 da Agencia Nacional de Transportes Terrestres, de 26 de setembro de 2006, publicada em 29 de novembro de 2006 que aprova instrues complementares a Resoluo n. 420 da Agencia Nacional de Transportes Terrestres Resoluo n. 2657 da Agencia Nacional de Transportes Terrestres, de 15 de abril de 2008, publicada em 18 de abril de 2008 que aprova instrues complementares a Resoluo n. 420 da Agencia Nacional de Transportes Terrestres NBr 7500 - Identificao para o Transporte terrestre, manuseio, movimentao e armazenamento de Produtos; NBr 7501 - Transporte Terrestre de Produtos Perigosos - Terminologia; NBr 7503 - Ficha de Emergncia e Envelope para o Transporte terrestre de Produtos Perigosos - Caractersticas, Dimenses e Preenchimento; NBr 9735 - Conjunto de Equipamentos para Emergncias no Transporte de Produtos Perigosos; NBr 14619 - Transporte Terrestre de Produtos Perigosos - Incompatibilidade Qumica

NMERO DA ONUNmero de srie dado ao Artigo ou Substncia, de acordo com o sistema das Naes Unidas Localizado sempre na parte inferior do Painel de Segurana

Sempre formado por 4 (quatro) algarismos. Exemplos:0004 1005 3065 3376 Picrato de Amnio Amnia Anidra Bebidas Alcolicas 4-Nitrofenilhidrazina

NMERO DE RISCO um Cdigo numrico que indica a natureza e a intensidade do(s) Risco(s) do produto perigoso. Localizado sempre na parte superior do Painel de Segurana No subitem 3.2.3.2. da Res. 420/04 ANTT, apresentada a relao dos nmeros de risco e seus respectivos significados. O fabricante do produto responsvel pela indicao do Nmero de Risco quando este no constar na coluna 5 da Relao de Produtos Perigosos do Anexo Resoluo 420/04 ANTT.

NMERO DE RISCOSubitem 3.2.3.1.3 do Anexo da Resoluo n 420-2004 ANTT As combinaes de algarismos a seguir tm um significado especial:22 323 333 362 382 423 44 446 462 482 539 606 623 642 823 842 90 Gs Liquefeito Refrigerado Lquido inflamvel que reage com gua, desprendendo gases inflamveis Lquido Pirofrico Lquido inflamvel, txico, que reage com gua, desprendendo gases inflamveis Lquido inflamvel, corrosivo, que reage com gua, desprendendo gases inflamveis Slido que reage com gua, desprendendo gases inflamveis Slido inflamvel, em estado fundido a uma temperatura elevada Slido inflamvel, txico em estado fundido a uma temperatura elevada Slido txico, que reage com gua,desprendendo gases inflamveis Slido corrosivo, que reage com gua, desprendendo gases inflamveis Perxido orgnico, inflamvel Substncia infectante Lquido txico, que reage com gua, desprendendo gases inflamveis Slido txico, que reage com gua, desprendendo gases inflamveis Lquido corrosivo, que reage com gua, desprendendo gases inflamveis Slido corrosivo, que reage com gua, desprendendo gases inflamveis Substncias que apresentam risco para o meio ambiente; substncias perigosas diversas

PAINEL DE SEGURANA

PRODUTO NO CLASSIFICADOPode confundir as equipes de socorro durante o atendimento a emergncia

PROIBIDO PELA LEGISLAO

RTULO DE RISCOLimite de Corte

Moldura do Rtulo

Quadrado apoiado sobre um ngulo de 45

Linha na mesma cor do smbolo que determina o limite da moldura Parte

Superior Pictograma, Smbolo

de identificao do risco

Parte Inferior n deve ter altura entre On da classe de risco

*Texto indicativo da natureza do risco (opcional)

45

6% e 8% do comprimento *Exceto para classe 7 da diagonal, no podendo (RADIOATIVO) tocar nas laterais da moldura. que o texto obrigatrio

RTULO DE RISCOSubclasses 2.3 e 6.1 Classe 8 Classe 1

Subclasses 6.2

Classes 7

Subclasses 5.1 e 5.2

Subclasses 2.1, 4.1, 4.2, 4.3 e Classe 3

Subclasses 2.2

Smbolos de Riscos e Mdulos NBR 7500 ABNT

RTULO DE RISCO

Figura que identifica o risco principal ou subsidirio do produto, atravs de smbolos, cores, nmeros, e Textos (opcionais)*.

* Exceto para classe 7 (MATERIAL RADIOATIVO) que o texto obrigatrio

RTULO DE RISCOVeculos Utilitrios

RTULO DE RISCOUnidade de Transporte

RTULO DE RISCOEmbalagem

TRANSPORTE RODOVIRIO DE PRODUTOS PERIGOSOSOs Rtulos de Risco e Painis de Segurana devem ser afixados em local visvel do veculo e/ou equipamento conforme NBR 7500 ABNT, podendo ser adesivados, aparafusados, pintados, em porta-placas ou outras formas que permitam a rpida identificao nos casos de emergncia, desde que no prejudique a identificao dos smbolos, nmeros e letras.

No permitido o transporte de embalagem ou outro tipo de material em cima do tanque de carga, exceto no tanque-comboio

RTULO DE RISCO NAS EMBALAGENSCIDO BUTRICO ONU 2820

Quando o volume tiver uma forma to irregular ou dimenses to pequenas que os rtulos no puderem ser satisfatoriamente afixados, eles podem ser colocados por meio de uma etiqueta aplicada ao volume ou outro meio apropriado.Anexo da Resoluo n 420/04 da ANTT, subitem 5.2.2.1.6

RTULO DE RISCO NAS EMBALAGENSTodas as marcaes exigidas devero ser:Facilmente visveis e legveis; Capazes de suportar exposio ao tempo, sem reduo substancial de sua eficcia; Marcadas sobre um fundo de cor contrastante na superfcie externa do volume. Localizadas distantes de outras marcaes existentes no volume, evitando reduzir substancialmente sua eficcia; Embalagens de resgate devem ser adicionalmente marcadas com a palavra RESGATE

SMBOLOS DE MANUSEIO PARA EMBALAGENS

Frgil

No agitar frgil

Proibido usar gancho ou furar

Face superior nesta direo

Substncia ou Material Magnetizante

Iamento

Proteger contra umidade

Proteger contra calor

Proteger contra luz

Centro de gravidade

Documentos para o Transporte de

Produtos Perigosos

Ficha de EmergnciaPapel deve ser Branco Gramatura:75 g/m a 90 g/m Tamanho: A4, Carta ou Ofcio

FICHA DE EMERGNCIAExpedidor Expedidor Endereo Endereo Tel.: Tel.: Nome apropriado Nome apropriado para embarque para embarque Nmero de risco: Nmero de risco: Nmero da ONU: Nmero da ONU: Classe ou subclasse de risco: Classe ou subclasse de risco: Descrio da classe ou Descrio da classe ou subclasse de risco: subclasse de risco: Grupo de embalagem: Grupo de embalagem:

rea A

Aspecto: Aspecto:

rea B rea C

EPI de uso exclusivo da equipe de atendimento a emergncia : a emergncia: EPI de uso exclusivo da equipe

Mnimo 250 mm

Carta 215,9 mm x 279,4 mm Tarjas: Vermelhas A4 210,0 mm x 297,0 mm Fonte: Arial ou similar Ofcio 215,9 Grfica355,6 mm Impressa em mm x ouimpressora de Computador Nos casos de importao ou exportao deve ser redigida no idioma oficial do Brasil As informaes devem ser impressa ou datilografada No pode ser plastificada No permitido o uso de etiquetas As informaes no podem ser abreviadasNo necessrio que as linhas divisrias horizontais estejam No h medidas definidas encostadas nas tarjas laterais

Impressa em uma nica folha

RISCOSFogo: Fogo: Sade: Meio Ambiente: Sade:

rea D

Meio Ambiente: Vazamento:

rea E EM CASO DE ACIDENTE

Fogo:

EM CASO DE ACIDENTE

Vazamento: Poluio: Fogo:Poluio: Envolvimento de pessoas: Envolvimento de pessoas: Informaes Informaes ao mdico: ao mdico:

rea F

nas Linhas horizontais de As respectivas reasincio e final so opcionais

Observaes: Observaes:

5

Mnimo 198 mm 188

5

Envelope para o TransporteEM CASO DE EMERGNCIA ESTACIONE, SE POSSVEL, EM REA VAZIA, AVISE POLCIA (190), AOS BOMBEIROS (193) E AO(S) TELEFONE(S) DE (0XX15) 228-2222 ou (0XX15) 228-2233 EMERGNCIA N_______________________________________MNIMO MNIMO

ESTE ENVELOPE CONTM INFORMAES IMPORTANTES. LEIA-O CUIDADOSAMENTE ANTES DE INICIAR A SUA VIAGEM.

rea A

PETROQUMICA KMS Ltda.Telefones: (0XX15) 228-2222 e (0XX15) 228-2233

rea B

REDESPACHO: Transmigras S.A. - Rua Chile n 11- Pari - So Paulo/SP Fone (0XX11) 388-8000 TRANSPORTADOR Transportes Unio Ltda. Rua Par n 200 - Cerrado - Sorocaba/SP - Fone: (0XX15)227-0000

rea C

250 mm 15 mm de tolerncia O CEP facultativoPOLCIA MILITAR DO ESTADO DE SO PAULO COMANDO DE POLICIAMENTO RODOVIRIO

Verso do Envelope para o TransporteOUTRAS PROVIDNCIAS- usar Equipamento de Proteo Individual (EPI) (conforme ABNT NBR 9735); - isolar a rea, afastando os curiosos; - sinalizar o local do acidente; - eliminar ou manter afastadas todas as fontes de ignio;

- entregar a(s) ficha(s) de emergncia aos socorros, assim que chegarem;- avisar imediatamente ao transportador, ao expedidor do produto, ao corpo de bombeiro e polcia; - avisar imediatamente ao(s) rgo(s) ou entidade(s) de trnsito.

rea D

250 mm 15 mm de tolernciaPOLCIA MILITAR DO ESTADO DE SO PAULO COMANDO DE POLICIAMENTO RODOVIRIO

4

CERTIFICADO DO CURSO MOPP

Art. 6 da Resoluo n 91 do CONTRAN, de 04 de maio de 1999 O Certificado emitido antes da publicao deste ato ter validade at 1 de abril de 2005.

INFRAES E PROCE