ANTEPROJETO URBANO-PAISAG£†STICO DE ... ... Este Trabalho Final de...

download ANTEPROJETO URBANO-PAISAG£†STICO DE ... ... Este Trabalho Final de Gradua£§££o (TFG) tem como objetivo

of 83

  • date post

    01-Oct-2020
  • Category

    Documents

  • view

    2
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of ANTEPROJETO URBANO-PAISAG£†STICO DE ... ... Este Trabalho Final de...

  • CENTRO UNIVERSITÁRIO CESMAC

    GABRIELLA DE CARVALHO AUSTRELINO

    ANTEPROJETO URBANO-PAISAGÍSTICO DE

    REQUALIFICAÇÃO DOS ESPAÇOS LIVRES DE UM

    TRECHO NO CONJUNTO SANTO EDUARDO, POÇO,

    MACEIÓ-AL

    MACEIÓ-AL

    2018/2

  • GABRIELLA DE CARVALHO AUSTRELINO

    ANTEPROJETO URBANO-PAISAGÍSTICO DE

    REQUALIFICAÇÃO DOS ESPAÇOS LIVRES DE UM

    TRECHO NO CONJUNTO SANTO EDUARDO, POÇO,

    MACEIÓ-AL

    Trabalho Final de Graduação apresentado como requisito parcial, para conclusão do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário CESMAC, sob a orientação da Prof.ª Ms. Carlina Rocha de Almeida Barros e coorientação do Prof.º Francisco André Gomes Santos

    MACEIÓ-AL

    2018/2

  • GABRIELLA DE CARVALHO AUSTRELINO

    ANTEPROJETO URBANO-PAISAGÍSTICO DE

    REQUALIFICAÇÃO DOS ESPAÇOS LIVRES DE UM

    TRECHO NO CONJUNTO SANTO EDUARDO, POÇO,

    MACEIÓ-AL

    Trabalho Final de Graduação apresentado como requisito parcial, para conclusão do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário CESMAC, sob a orientação da Prof.ª Ms. Carlina Rocha de Almeida Barros e coorientação do Prof.º Francisco André Gomes Santos

    APROVADO EM: _____/_____/_____

    BANCA EXAMINADORA

    Prof.ª Ms. Carlina Rocha de Almeida Barros

    Orientadora

    Prof.º Francisco André Gomes Santos

    Avaliador Interno

    Prof.º Ms. Bianor Monteiro Lima

    Avaliador Externo

  • RESUMO

    Este Trabalho Final de Graduação (TFG) tem como objetivo propor um anteprojeto urbano-paisagístico de requalificação dos espaços livres de um trecho no parcelamento Santo Eduardo, Poço, Maceió-AL. Os processos de abandono e privatização dos espaços livres descaracterizam os propósitos destes, que deveriam ser acessíveis a todos, e assim restringem e segregam a população dos espaços. Os mesmos processos podem ser vistos nos espaços livres dos conjuntos habitacionais, e a partir dos benefícios propiciados por estes espaços, faz-se necessário a conscientização da importância destes para as cidades e seus habitantes, de modo que sejam espaços de interligação e que proporcionam qualidade em suas atividades. A partir de embasamento teórico, estudo de correlato e compreensão dos aspectos relacionados ao tema, o anteprojeto visa a integração dos elementos públicos, privados e ambientais que compõem o trecho, requalificando o espaço e resultando na valorização do mesmo.

    PALAVRAS-CHAVE: Requalificação urbana. Espaços livres em conjuntos

    habitacionais. Integração de espaços urbanos. Projeto de Arquitetura Paisagística.

  • ABSTRACT

    The Final Graduation Project (FGP) aims to propose an urban-landscape draft of requalification for the free spaces of a stretch in the Santo Eduardo, Poço, Maceió-AL. The processes of abandonment and privatization of free spaces deprive their purposes which should be accessible to all, and thus restrict and segregate the population of the spaces, the same processes can be seen in the free spaces of the housing complexes and from the benefits provided by these spaces, it is necessary to raise awareness of their importance to cities and their inhabitants, so that they are spaces of interconnection and that provide quality in their activities. Based on a theoretical background, study of correlate and aspects related to the theme, the preliminary project aims at integrating the public, private and environmental elements that compose the stretch, requalifying the space and resulting in its appreciation.

    KEY WORDS: Urban requalification. Free spaces in housing estates. Urban Spaces

    Integration. Landscape Architecture Project.

  • SUMÁRIO

    INTRODUÇÃO .......................................................................................................... 06

    2 RELAÇÃO DOS ESPAÇOS LIVRES COM A CIDADE E OS CONJUNTOS

    HABITACIONAIS ..................................................................................................... 09

    2.1 Espaços livres: conceitos e tipologias ............................................................ 09

    2.2 Os espaços livres nos conjuntos habitacionais e os recentes processos de

    privatização ............................................................................................................. 14

    2.3 Estudo de correlato ........................................................................................... 20

    2.3.1 Requalificação do Cheonggyecheon, Seul – Coreia do Sul ............................ 21

    3 LEVANTAMENTO E ANÁLISE DO OBJETO DE ESTUDO: TRECHO DO

    PARCELAMENTO SANTO EDUARDO – MACEIÓ-AL ........................................... 25

    3.1 Parcelamento Santo Eduardo, Poço, Maceió – AL ......................................... 25

    3.2 Levantamento e análise do trecho em estudo ................................................ 27

    3.3 Análise dos resultados do questionário .......................................................... 37

    4 ANTEPROJETO URBANO-PAISAGÍSTICO DE REQUALIFICAÇÃO DOS

    ESPAÇOS LIVRES DE UM TRECHO NO CONJUNTO SANTO EDUARDO, POÇO,

    MACEIÓ-AL .............................................................................................................. 43

    4.1 Condicionantes do anteprojeto ........................................................................ 44

    4.1.1 Condicionantes legais ...................................................................................... 44

    4.1.2 Condicionantes ambientais .............................................................................. 45

    4.1.3 Análise de conforto ........................................................................................... 46

    4.2 O anteprojeto ..................................................................................................... 49

    4.2.1 Conceito e Partido Urbanístico ......................................................................... 59

    4.2.2 Proposta viária para o trecho em estudo ......................................................... 51

    4.2.3 Programa de necessidades .............................................................................. 52

  • 4.2.4 Memorial descritivo e justificativo ..................................................................... 53

    4.2.5 Memorial de piso .............................................................................................. 60

    4.2.6 Memorial de mobiliário urbano .......................................................................... 62

    4.2.7 Memorial botânico ............................................................................................ 65

    4.2.8 Comunicação Visual ......................................................................................... 69

    CONCLUSÃO ........................................................................................................... 71

    REFERÊNCIAS ........................................................................................................ 72

    APÊNDICE A - QUESTIONÁRIO .............................................................................. 75

    APÊNDICE B - PRANCHAS ..................................................................................... 79

  • 6

    INTRODUÇÃO

    O presente trabalho tem como objetivo geral propor um anteprojeto urbano-

    paisagístico de requalificação dos espaços livres de um trecho no parcelamento Santo

    Eduardo, Poço, Maceió-AL, diante da importância dos espaços livres em conjuntos

    habitacionais, já que estes espaços, quando estruturados, podem proporcionar

    qualidade de vida ao moradores de suas adjacências e também são agentes de

    integração entre cidade, espaço e habitantes.

    O espaço livre urbano pode ser dividido em diferentes tipos, tais como: os

    parques, as praças, as ruas, os quintais, os pátios, as calçadas, os terrenos, além de

    outros tantos por onde as pessoas transitam no seu dia-a-dia (HIJIOKA et al, 2007).

    Teoricamente esses espaços estão assegurados entre as áreas dos

    empreendimentos habitacionais, já que segundo a lei federal 6766/79, que trata sobre

    o parcelamento do solo urbano, são obrigatórias áreas de uso comum nos

    loteamentos, devendo ser prevista uma área equivalente a 35% sobre a área loteável

    da gleba destinada a uso público com acesso livre de pessoas, dividindo-se em 5%

    para área de equipamentos comunitários, 20% para o sistema viário e 10% para áreas

    verdes/livres.

    Uma parcela dessas áreas, que inicialmente foram projetadas para uso de

    todos, atualmente passa por um processo de privatização, alimentando a segregação

    urbana, que pode ser entendida como quando indivíduos e grupos perdem o contato

    físico e social com outros indivíduos e grupos no espaço das cidades. Estes processos

    acabam por descaracterizar a ideia inicial dos espaços livres, os quais deveriam ser

    acessíveis a todos, restringem o movimento de passantes, canalizam percurs