Ano Litrgico - .Imita§£o de Cristo . Teologia do Ano Litrgico: Valor Pastoral...

download Ano Litrgico - .Imita§£o de Cristo . Teologia do Ano Litrgico: Valor Pastoral “A celebra§£o

of 11

  • date post

    18-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    214
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Ano Litrgico - .Imita§£o de Cristo . Teologia do Ano Litrgico: Valor Pastoral...

  • Ano Litrgico

    Tempo Sagrado, Tempo Litrgico e o Mistrio de Cristo

  • Denominao

    No sculo XVI: ano da Igreja

    No sculo XVII: ano cristo

    No sculo XIX: ano litrgico

    Unidade e conjunto das celebraes

    festivas

    o ano do Senhor, porque de Cristo e

    a Ele pertence

  • Teologia do Ano Litrgico

    Celebrao do Mistrio de Cristo e da obra da salvao

    no decorrer do ano

    Valor mistaggico

    Valor pastoral

  • Teologia do Ano Litrgico: Valor Mistaggico

    As festas e os tempos litrgicos no so aniversrios dos fatos da vida histrica de Jesus, mas presena in mysterio, isto , na ao ritual e em todos os sinais litrgicos.

    (Martn, p. 321)

    MD 150 (Apostila p. 26)

  • Teologia do Ano Litrgico: Valor Pastoral

    No no sentido moral, para reproduzir suas aes e seus sentimentos.

    No plano ontolgico e sacramental, na assimilao e configurao a Cristo (Porque os que de antemo ele conheceu, esses tambm predestinou a serem conformes imagem do seu Filho Rm 8,29).

    Imitao de Cristo

  • Teologia do Ano Litrgico: Valor Pastoral

    A celebrao do Ano Litrgico tem uma peculiar fora e eficcia sacramental para alimentar a vida crist (...). Com razo, ao celebrar o mistrio do nascimento de Cristo e sua manifestao ao mundo, pedimos poder transformar-nos imagem daquele que conhecemos semelhante a ns em sua humanidade; e enquanto renovamos a Pscoa de Cristo, suplicamos a Deus que os que renasceram com Cristo sejam fiis durante sua vida f que receberam no sacramento.

    Paulo VI, Motu Proprio Mysterii Paschalis, 1969.

  • Teologia do Ano Litrgico: trs nveis

    A Liturgia um tempo intermdio,

    imagem entre a sombra e a realidade.

  • Teologia do Ano Litrgico: trs nveis

    Nvel mdio: manifesta-se nas palavras e nos atos de Jesus, mas no existe em si s; ele s tem sentido porque se relaciona com acontecimentos reais.

    Nvel primeiro: aes de Jesus no calvrio, na qual ao ato exterior correspondia um ato interior de entrega, que excede o tempo.

    Nvel definitivo: realizada quando tudo estiver sob o domnio de Cristo, quando o mundo se tornar um espao de amor (Sto. Agostinho).

  • Teologia do Ano Litrgico: trs nveis

    A Liturgia no substitutiva, mas

    representativa

    A origem da Liturgia contm o seu futuro.

    Nas palavras de S. Bernardo de Claraval:

    o semel (uma vez) quer alcanar o seu

    semper (sempre)

  • Teologia do Ano Litrgico

    O acontecimento momentneo da liturgia s tem sentido e significado para a nossa vida porque inclui as outras duas dimenses: o passado, o presente e o futuro atravessam-se, tocando a eternidade.

    Bento XVI, p. 46

  • Bibliografia

    BOROBIO, Dionsio (org.). A Celebrao na Igreja. Vol. 3 Ritmos e Tempos da Celebrao. So Paulo: Loyola, 2000.

    MARTN, Julin Lpez. A Liturgia da Igreja. So Paulo: Paulinas, 2006.

    RATZINGER, Joseph. Introduo ao Esprito da Liturgia. 2. ed. So Paulo: Paulinas, 2006.