Administra§£o de medicamentos em enfermagem

download Administra§£o de medicamentos em enfermagem

of 54

Embed Size (px)

description

 

Transcript of Administra§£o de medicamentos em enfermagem

  • 1. CEPROEN CENTRO PROFISSIONALIZANTE DE ENSINOAdministrao de medicamentos em enfermagem Prof. Enf Joo Carlos Freire de Andrade

2. Administrao de Medicamentos A administrao de medicamentos um dos procedimentos mais cruciais para a enfermagem. To importante como ter conhecimento sobre os efeitos e reaes que o medicamento pode causar, necessrio ter competncia e habilidade para administrar medicaes, passando ao paciente confiana e segurana, minimizandoa ansiedadee, conseqentemente, aumentando a eficcia da medicao. 3. Cinco certos paciente certo; medicao certa; dosagemcerta; via de administrao certa; horrio certo. MATEMTICA APLICADA ENFERMAGEMAntes mesmo de aprendermos clculos degotejamento ou transformao de soros necessrio assimilar bem os Conceitos bsicosem solues e apresentaes demedicamentos. A seguir um resumo para estudoe referncia, incluindo um exemplo da regra detrs. 4. Conceitos bsicos em solues e apresentaes demedicamentos SOLVENTE: a parte lquida da soluo, onde oelemento principal est dissolvido normalmente gua destilada. SOLUTO: a poro slida da soluo, ou seja, seevaporar todo liquido o que sobra no frasco o solutose fosse um SF (Soro Fisiolgico) sobraria p deCloreto de Sdio. CONCENTRAO: a relao entra quantidade desoluto e solvente. Segundo sua concentrao soluopode ser classificada em : ISOTNICA: uma soluo com concentrao igualou mais prxima possvel concentrao do sangue. HIPERTNICA: uma soluo com concentraomaior que a concentrao do sangue. HIPOTNICA: uma soluo com concentraomenor que do sangue 5. PROPORO: uma frmula que expressa aconcentrao da soluo e consiste na relao entresoluto e o solvente expressa em partes. Exemplo: 1:40 indica que temos 1g de soluto para 40ml de solvente. PORCENTAGEM: outra forma de expressarconcentrao. O termo por cento (%) significa centsimo. Umporcentual uma frao cujo numerador expresso eo denominador que no aparece sempre 100. Ouseja o numero que vem antes do % indica quantaspartes de soluto existe em 100 partes da soluo. Exemplo: 5% indica que temos 5g de soluto em 100ml de solvente, se temos um soro glicosado a 5%ento temos 5 gramas de glicose em cada 100 mldesse soro. 6. REGRA DE TRS Regrade trs simplesoprocedimentopara resolver umproblema que envolva quatro valoresde duas grandezas relacionadas ondeconhecemos trs e determinamosoutra. o calculo mais usado paratransformao de soro e diluio demedicamento. 7. exemplo, uma ampola de medicamento com 10ml a 50%est prescrito 1 grama IV. Sabemos pela ampola que indica que a cada 100ml desoluo tem 50 gramas de soluto, ento precisamos saberem quantos ml teremos a 1gr desejada. 100ml---->50gr Xml------> 01gr Para saber o X fazemos uma conta cruzada e invertida,cruzada pois pegamos o que sabemos de baixo emultiplicamos pelo lado oposto do de cima e invertidaporque depois dividimos esse resultado pelo numero quesobrou em cima, no complicado , no nosso exemplo: Multiplicamos a 1grama pelos 100ml, temos ento 100,dividimos pelo numero que sobrou que o 50gr, nossoresultado 2, ento o X igual a 2, ento ainda em 2mlteremos a 1gr que precisamos administrar. 8. Para montarmos a regra de trs simples,devemos saber ler o que o produto nosinforma quanto suas grandezas. Essaprtica aplicada para qualquer medicaoque utilize regra de trs. Neste exemplo temos: 20mg de produto para LEITURA DE RTULOCada 1 ml 9. PROBLEMA a-) Tenho um vidro de xarope de 100ml com 100mg a cada 5ml. Quantas mg o vidro do xarope possui? 1) coloca-se grandezas iguais embaixo degrandezas iguais. 2) a pergunta do problema semprerepresentado por X 100mg _______ 5ml X mg _______ 100ml 10. PROBLEMA 100mg _______ 5ml X mg _______ 100ml x.5 = 100.100 5x = 10.000 5 X = 10000 5 X= 2000mg 11. APLICAO A UMA PRESCRIO 1-) Foram prescritos 500mg VO de Keflex suspensode 6/6h. Tenho no posto de enfermagem vidros de60ml de Keflex de 250mg/5ml.Quantos ml devemosadministrar? Montando a regra de trs 1 linha - Tenho 250mg ______ 5ml 2 linha - PM 500mg _______ X ml x . 250 = 500.5 x . 250 = 2500 x = 2500 250 X = 10 ml 12. SISTEMA MTRICO O sistema mtrico decimal de muita importnciapara clculo e preparo de drogas e solues. Aopreparar a medicao necessrio confirmar unidadede medida e se no estiverem no mesmo tipo defrao devem ser transformadas, ou tudo est emgrama ou em miligrama, no se trabalha com duasgrandezas diferentes. As unidades de medidaspodem ser representadas de modos diferentes, deacordo com o fator de mensurao, peso, volume oucomprimento. obs: A unidade de medida prescrita deve serequivalente unidade de medida disposio nomercado. Caso no seja equivalente, obrigatrioefetuar a equivalncia antes mesmo do clculo dedosagem para preparo. 13. A apresentao de determinadas medicaes soexpressas em unidades de medida, como: Apresentao: => PORCENTAGEM (% ) => MILILITROS (ML) => MILIGRAMA (MG) => GRAMA (G ); Existem muito mais parmetros, porm nessa matriaesto apenas os mais comuns empregados noexerccio de enfermagem. Unidade BSICA de Peso: => KG (QUILOGRAMA) => G (GRAMA) => MG (MILIGRAMA) => MCG (MICROGRAMA) 14. Equivalncia de peso 1 KG = 1.OOOg (um quilo igual a milgramas) 1 kg = 1.000.000MG (um quilo igual a ummilho de miligramas) 1G = 1000MG (um grama igual a milmiligramas) Unidade Bsica de Volume: => L (LITRO ) => ML (MILILITRO) Equivalncia de volumes: 1 LITRO = 1.000 ML (um litro igual a milmililitros (ml)) 15. Exemplos: A) 5g = 5.000 mg B) 1,5L = 1.500 ml c) 1.500mg = 1,5g d) 200 ml = 0,2 l E) 5.000 ml = 5 l Para todos os fins prticos, 1 mililitro [ml] 0,001 e equivalente aum centmetro cbico [cc ou cm3], os dois termos sosinnimos na pratica. Portanto 1.000 [cm3 ] = 1 [litro].FRACES DECIMAISQuando a medida esta expressa numa unidade e queremosexprimi-la numa unidade menor, desloca-se a virgula para adireita tantas casas quantas sejam as unidades desejadas.Ex. 13,5491 cm que e = 135,491 mmQuando a medida esta expressa numa unidade e queremosexpressa-la numa unidade maior, desloca-se a virgula paraesquerda tantas quantas sejam as unidades desejadas.Ex: 438,71 l que e = 4,3871 hl. 16. CALCULO DE DOSAGEM DE MEDICAMENTOS ESOLUCES Soluo e uma mistura homognea composta de duas partes: O soluto e o solvente. Soluto E a substancia a ser dissolvida no solvente Solvente E o liquido no qual o soluto ser dissolvido O Soluto Pode Ser Soluo original mais concentrada; Drogas puras em forma solida ou liquida. Obs: - Numa droga pura, e sempre considerada 100% pura quando no houver nenhuma especificao ao contrario. 17. CONCENTRACODE SOLUCOA concentrao indica a quantidade de soluto numa poro definidade solvente. So solues medicamentos ou injetveis no organismoeso classificadosem:Hipertnicos (mais concentradas);Isotnicos (mesma concentrao que a do sangue tomada comopadro).Hipotnicas (menos concentradas).Esta classificao tem como padro a concentrao sangnea.Logo a soluo isotnica, tem uma concentrao igual a do sangue;a hipertnica tem uma concentrao maior que a do sangue e ahipotnica tem uma concentrao menor que a do sangue. ExemplosSoluo IsotnicaSoro Glicosado a 5%;Soluo de Cloreto de Sdio a 0,9%.Soluo HipertnicaSoluo de glicose a 10%, 20%, 50% etc.;Soluo de cloreto de sdio a 2%.Soluo HipotnicaSoluo de glicose a 2%;Soluo de cloreto de sdio a 0,5%. 18. MANEIRAS DE EXPRESSAR A CONCENTRACOO DE UMA SOLUCO Em Porcentagem Ex.: 5%, 10%, 50% etc. Significa que cada 100 partes de solventes, ha respectivamente 5, 10, 50, partes de soluto. Em Propores Ex.: 1:100, 1:1000, 1:40.000 etc. Significa que em cada 100.1000 e 40.000 partes de solvente, ha uma parte de soluto. Em Quantidade Definida Ex.: 20 UI, 40 UI, 80 UI, etc. (UI significa uma quantidade padronizada internacionalmente). 19. PREPARACAO DE SOLUCOES COM DROGASPURAS (Soluto = 100%) Ex.: Quantos gramas de bicarbonato de sdio so necessrias para preparar 1000 ml de soluo a 5%? Soluo: Aplicando a Formula acima: 5% x 1000 ml = 50 gr. 100 Logo tem-se 1000 ml - 50 = 950 ml de solvente; Res. So necessrios 50 gr. de bicarbonato de sdio para se obter 1000 ml de uma soluo de bicarbonato de sdio a 5%. 20. DILUICO DE SOLUCES CONCENTRADAS Muitas vezes as solues so obtidas pela diluio de solues originais mais concentradas, mas no 100%. Neste caso introduz-se na formula a soluo original no local da concentrao disponvel (na formula). Ex.: Quantos ml de uma soluo salina a 10% so necessrios para preparar 500 ml de uma soluo a 2%. 2 x 500 ml = 100 ml 10% 1 Concentrao Desejada x Quantidade Desejada = Quantidade de Soluto Soluo Original 21. TRANSFORMACO DE SOLUCES Ocorre situaes em que a farmcia do hospital no dispe de uma determinada soluo na concentrao prescrita pelo medico. Neste caso, e necessrio que a pessoa responsvel pela medicao consiga a concentrao desejvel atravs de transformao de solues de maior concentrao. Existem algumas formulas para fazer esta transformao, porem, a maneira mais simples e acessvel a todos e a utilizao de regra de trs simples. Exemplos: Ex.01 - Foi prescrito soro glicosado 500 ml a 10%. Disponvel: Soro glicosado a 5%, 500 ml, Glicose a 50% em ampola de 20 ml (glicose hipertnica). 22. Primeiro Passo: Verificar a quantidade de glicose nofrasco a 5%5 gr 100 ml 5 x 500 100 = 25 grX 500 mlResp. O frasco de 500 ml de soro glicosado a 5%contem, 25 gr de glicose.Segundo Passo: Verificar a quantidade de glicose nofrasco a 10%10 gr 100 ml 10 x 500 100 = 50 grX 500 mlResp. O frasco de 500 ml de soro glicosado a 10%contem, 50 gr de glicose. 23. Terceiro Passo: Obter a quantidade de glicose hipertnica necessria parao preparo da soluo.Se o frasco disponvel (5%) contem 25 gr e a concentrao prescrita e de50 gr, faltam portanto 25 gr de glicose.Tendo a disposio ampolas de 20 ml a 50%, podemos calcular quantosgramas de glicose tem cada ampola (20 ml a 50%).50 gr 100 ml 50 x 20 100 = 10 grX 20 mlEnto: Cada Ampola de 20 ml a 50%, contem 10 gr de glicose.Utilizando-se a regra de tres simples pergunta-se: Se uma ampola de 20 mla 50% contem