aditivos fitogênicos

download aditivos fitogênicos

of 27

  • date post

    10-Jan-2017
  • Category

    Documents

  • view

    217
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of aditivos fitogênicos

  • ENCICLOPDIA BIOSFERA, Centro Cientfico Conhecer - Goinia, v.10, n.18; p. 2014

    147

    ADITIVOS FITOGNICOS: UMA ALTERNATIVA AO USO DE ANTIBITICOS PROMOTORES DE CRESCIMENTO NA ALIMENTAO DE AVES

    Guilherme Aguiar Mateus Pasquali, Guilherme Emygdio Mendes Pimenta

    Mestre em Zootecnia, Faculdade de Medicina Veterinria e Zootecnia, Universidade

    Estadual Paulista, Botucatu, So Paulo, Brasil. E-mail: ogamp@msn.com

    Recebido em: 12/04/2014 Aprovado em: 27/05/2014 Publicado em: 01/07/2014

    RESUMO

    O uso dos antibiticos promotores de crescimento (APC) na alimentao de aves feito com o objetivo de reduzir os microrganismos patognicos presentes no trato digestivo, melhorando o equilbrio e a sade intestinal e consequentemente o desempenho produtivo dos animais. No entanto, a Unio Europeia proibiu a utilizao dos APC nas dietas animais em janeiro de 2006, alegando que seu uso poderia transformar os animais em reservatrios de microrganismos resistentes, podendo levar esta resistncia ao homem quando os produtos de origem animal fossem consumidos. Desta forma, o desenvolvimento de pesquisas relacionadas ao uso de aditivos alternativos tem sido cada vez mais explorado nos ltimos anos. Com isso, os aditivos fitognicos se apresentam como uma potencial alternativa ao uso dos promotores de crescimento, por apresentarem diversas caractersticas como atividades antimicrobiana, antioxidante, imunomoduladora, entre outras, de acordo com a planta utilizada. Os fitognicos podem se apresentar na forma de extrato da planta, leos essncias, especiarias ou mesmo a prpria planta e possuem modos de ao complexos e diversificados. O potencial de explorao dos fitognicos imenso, considerando-se que a quantidade de plantas medicinais conhecidas extremamente vasta, e o Brasil um pas com uma diversificao da flora muito grande. Assim, o uso de fitognicos deve ser cada vez mais explorado na alimentao de animais monogstricos nos prximos anos, de forma a encontrar uma combinao de plantas e/ou derivados que mantenham a sade e a produtividade dos animais semelhantes quela proporcionada pelo uso dos APC nas dietas. PALAVRAS-CHAVE: aditivos, aves, plantas PHYTOGENIC FEED ADDITIVES: AN ALTERNATIVE TO ANTIBIOTIC GROWTH

    PROMOTORES IN POULTRY DIETS.

    ABSTRACT Including antibiotic growth promoters (AGP) to poultry diets can reduce pathogenic microorganisms in digestive tract, improving health and gut balance and hence animal performance. However, at January 2006, European Union banned AGP in animal nutrition, claiming that AGP could transform animals in resistant microorganisms store, and resistance might be transmitted to humans. Thus, research development about alternative feed additives has been increased recently.

  • ENCICLOPDIA BIOSFERA, Centro Cientfico Conhecer - Goinia, v.10, n.18; p. 2014

    148

    Phytogenic additives are a potential alternative to AGP because present many properties like antimicrobial, antioxidant, immunomodulatory activities, according to plant origin. Phytogenic can be found as plant extracts, essential oils or even plant and mode of action can be complex and different. Investigation potential of phytogenic is great considering there are many medicinal plants and Brazil has a huge diversified flora. Therefore, phytogenic in monogastric nutrition must be even more investigated in next years to find a combination of plants or plant derived products that could improve health and animal production as AGP. KEYWORDS: feed additives, poultry, plants

    INTRODUO A avicultura brasileira vem se desenvolvendo de forma expressiva nos ltimos anos, registrando altos ndices de crescimento e produtividade, se destacando no cenrio mundial como uma das mais importantes, produzindo cerca de 12.645 milhes de toneladas de carne de frango no ano de 2012. Desta forma, o Brasil manteve-se como o terceiro maior produtor mundial de carne, atrs apenas de Estados Unidos, que produziu 16.476 milhes, e China, com 13.700 milhes de toneladas. O consumo per capita no pas atingiu 45,00 kg/habitante/ano, sendo que do volume total produzido, cerca de 69% foi destinado ao consumo interno, enquanto 31% foi para as exportaes (UBABEF, 2013). O crescimento da produo de aves atribudo principalmente ao aperfeioamento de tcnicas de manejo, melhoria no controle sanitrio, ambincia das instalaes, melhoramento gentico e nutrio e alimentao (PATRICIO et al., 2012). Um dos principais fatores nutricionais que contribuem para a alta produtividade das aves na atualidade a utilizao de aditivos. O conceito aditivo se refere a todas as substncias que quando includas nas raes so capazes de melhorar o desempenho produtivo ou as caractersticas dos alimentos. Muitas vezes o termo aditivo confundido com substncias utilizadas na elaborao de alimentos para consumo humano com o objetivo de melhorar o prazo de validade, a aparncia e/ou o sabor dos alimentos, como corantes, flavorizantes e antioxidantes (LANGHOUT, 2000). Os aditivos antimicrobianos (antibiticos e quimioterpicos) so os melhoradores do desempenho (ou promotores de crescimento) de uso mais generalizado na produo animal desde a dcada de 1950, promovendo melhora nos ndices zootcnicos de animais criados em sistemas intensivos (GRAHAM et al., 2007). Os antibiticos foram isolados e identificados h mais de 70 anos, com indicaes para tratamento em doenas nos homens e, em seguida, nos animais. Os benefcios pela utilizao de antibiticos na alimentao animal foram observados em 1948 durante estudos de identificao e isolamento da vitamina B12 em culturas de fungos. Nessa poca demonstrou-se que a massa micelar obtida nessas culturas continha antibiticos que atuavam como eficiente promotor de crescimento. As vantagens obtidas pela incluso de antibiticos em baixas dosagens como promotores de crescimento foram se estabelecendo de tal forma que em 1951 o Feed and Drug Administration (FDA) aprovou o seu uso na alimentao animal sem necessidade de prescrio veterinria (JONES & RICKE, 2003). As principais caractersticas que distinguem os antibiticos promotores de crescimento (APC) dos antibiticos de uso teraputico so o amplo espectro de ao

  • ENCICLOPDIA BIOSFERA, Centro Cientfico Conhecer - Goinia, v.10, n.18; p. 2014

    149

    sobre bactrias Gram+ e a baixa absoro em nvel intestinal. O efeito primrio dos APC o controle de bactrias indesejveis, promovendo um equilbrio na microflora gastrintestinal em favor de bactrias favorveis e/ou reduzindo o nmero total de bactrias no TGI, principalmente das Gram + (SUNDE et al., 1990). A intensificao da produo de aves exige a utilizao de antimicrobianos para manter os altos nveis produtivos. Porm, o uso destas substncias tem sido alvo de recentes proibies pelos mercados importadores de carne de frango. Por vrias dcadas, os antimicrobianos (antibiticos e quimioterpicos) promotores de crescimento foram utilizados em dietas para promover melhora de desempenho produtivo, mas o uso destas substncias na alimentao das aves tem sido visto como um fator de risco para a sade humana, principalmente em decorrncia de contestaes como a presena de resduos dos antimicrobianos na carne, nos ovos e no leite e induo da resistncia cruzada para bactrias patgenas em humanos (SEAL et al., 2013). Com isso, surgiram restries e novas regulamentaes quanto ao uso de antibiticos e quimioterpicos na alimentao animal. Na Unio Europeia, por exemplo, o uso de qualquer tipo de antimicrobiano promotor de crescimento na nutrio animal foi totalmente banido em janeiro de 2006. A alegao de que o uso de APC em nveis subteraputicos nas raes levaria os animais a se transformarem em reservatrios de bactrias resistentes, capazes de transferirem essa resistncia a bactrias patognicas para o homem. Desta forma, existe a necessidade de adequar o modelo de criao de frangos de corte adotando o uso de aditivos naturais alternativos, como os aditivos fitognicos, nas dietas das aves, e dessa forma manter o Brasil como um dos principais produtores e exportadores de carne de frangos de corte do mundo. Estudos relacionados ao uso de aditivos naturais na nutrio animal ainda so pouco explorados, e com isso, o conhecimento da eficcia dos mesmos so escassos, porm, a linha de pesquisa relacionada ao uso de aditivos fitognicos vem crescendo e as substncias utilizadas so variadas.

    FITOGNICOS ASPECTOS GERAIS

    A utilizao da fitoterapia como ferramenta auxiliar na medicina humana antiga e o uso de ervas e especiarias (isoladamente ou misturadas), extrato de plantas e leos essenciais conhecido h milhares de anos. H registros que informam a existncia de mais de 230.000 plantas com flores e frutos, passveis de serem utilizadas como medicamentosas. Na ndia existem mais de 7500 espcies de plantas medicinais catalogadas e 700 delas so utilizadas na fitoterapia (DUNBABIN et al., 1991). As comunidades cientficas dos pases ocidentais tambm esto preocupadas em catalogar essas plantas e aos poucos vo se constatando a validade do uso de fitognicos para o tratamento e preveno de doenas do homem e dos animais, alm do uso como inseticidas e praguicidas. Os aditivos fitognicos so substncias derivadas de plantas medicinais e compreendem uma ampla variedade de especiarias, ervas e produtos derivados tais como os leos essenciais, extratos e leo-resina, entre outros, que tm efeito positivo sobre a produo e a sade dos animais (PERIC et al., 2009). O Brasil possui a biota mais rica do planeta, porm, menos de 10% do total de plantas existentes no pas so explorados de forma cientfica, em pesquisas qumicas e/ou farmacolgicas. Para que possam ser comercializados, os

  • ENCICLOPDIA BIOSFERA, Centro Cientfico Conhecer - Goinia, v.10, n.18; p. 2014

    150

    medicamentos com base em plantas devem ter seus efeitos comprovados e, principalmente, no provocar intoxica