ABC Preserva§£o e uso da caatinga

download ABC Preserva§£o e uso da caatinga

of 42

  • date post

    05-Jun-2015
  • Category

    Services

  • view

    667
  • download

    6

Embed Size (px)

description

ABC DA AGRICULTURA FAMILIAR APOSTILAS EMBRAPA PRESERVAÇÃO E USO DA CAATINGA

Transcript of ABC Preserva§£o e uso da caatinga

  • 1. ABCdaAgriculturaFamiliar Preservao e uso da Caatinga

2. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuria Embrapa Informao Tecnolgica Embrapa Semi-rido Ministrio da Agricultura, Pecuria e Abastecimento Embrapa Informao Tecnolgica Braslia, DF 2007 Preservao e uso da Caatinga 3. Exemplares desta publicao podem ser adquiridos na: Embrapa Informao Tecnolgica Parque Estao Biolgica (PqEB), Av. W3 Norte (final) CEP 70770-901 Braslia, DF Fone: (61) 3340-9999 Fax: (61) 3340-2753 vendas@sct.embrapa.br www.sct.embrapa.br/liv Embrapa Semi-rido Elaborao da cartilha: Lcia Helena Piedade Kiill Marcos Antnio Drumond Paulo Csar Fernandes Lima Severino Gonzaga de Albuquerque Viseldo Ribeiro de Oliveira Produo editorial: Embrapa Informao Tecnolgica Coordenao editorial: Fernando do Amaral Pereira Mayara Rosa Carneiro Lucilene Maria de Andrade Compilao: Guido Heleno Dutra Reviso tcnica: Juliana Meireles Fortaleza Reviso de texto: Wesley Jos da Rocha Projeto grfico da coleo: Carlos Eduardo Felice Barbeiro Editorao eletrnica: Grazielle Tinassi Oliveira Ilustrao da capa: CW Produes Ltda. (Adriano Mendes) 1a edio 1a impresso (2007): 1.500 exemplares Todos os direitos reservados A reproduo no autorizada desta publicao, no todo ou em parte, constitui violao dos direitos autorais (Lei n 9.610). Dados Internacionais de Catalogao na Publicao (CIP) Embrapa Informao Tecnolgica Preservao e uso da Caatinga / Embrapa Informao Tecnolgica; Embrapa Semi- rido. Braslia, DF : Embrapa Informao Tecnolgica, 2007. 39 p. : il. (ABC da Agricultura Familiar, 16). ISBN 978-85-7383-399-7 1. Biodiversidade. 2. Ecossistema. 3. Preservao da natureza. 4. Vegetao. I. Embrapa Informao Tecnolgica. II Embrapa Semi-rido. III. Coleo. CDD 333.9533 Embrapa 2007 4. Apresentao Empenhada em auxiliar o pequeno produtor, a Embrapa lana o ABC da Agricultura Familiar, que oferece valiosas instrues sobre o trabalho no campo. Elaboradas em linguagem simples e objetiva, as publicaes abordam temas relacionados agropecuria e mostram como otimizar a atividade rural. A criao de animais, tcnicas de plantio, prticas de controle de pragas e doenas, adubao alternativa e fabricao de conservas de frutas so alguns dos assuntos tratados. De forma independente ou reunidas em associaes, as famlias podero beneficiar-se dessas informaes e, com isso, diminuir custos, aumentar a produo de alimentos, criar outras fontes de renda e agregar valor a seus produtos. Assim, a Embrapa cumpre o propsito adicional de ajudar a fixar o homem no campo, pois coloca a pesquisa a seu alcance e oferece alternativas de melhoria na qualidade de vida. Fernando do Amaral Pereira Gerente-Geral Embrapa Informao Tecnolgica 5. Sumrio Conhecer para preservar ........................ 7 Caractersticas da Caatinga .................... 8 As plantas ............................................... 9 Os animais ............................................ 11 Por que preciso preservar a Caatinga ............................. 12 A utilidade das plantas .......................... 14 A utilidade dos animais ......................... 18 Principais causas da degradao da Caatinga ....................... 20 Como manejar corretamente a Caatinga ....................... 24 Preservao da biodiversidade da Caatinga ................... 29 Glossrio ............................................... 33 6. 6 7. 7 Conhecer para preservar Esta publicao destina-se a todos os sertanejos nordestinos, a todos que convivem com a Caatinga e tambm a todos os jovens estudantes, para que melhor conheam o ambiente em que vivem e percebam como importante preserv-lo. Afinal, a Caatinga ocupa uma boa parte do nosso territrio e permite que nela milhes de brasileiros vivam e busquem seu sustento. Mas, o que a Caatinga? A Caatinga uma vegetao tpica da Regio Nordeste do Brasil (Agreste e Serto), formada por plantas adaptadas aos perodos de seca prolongados. Ocupa uma rea de cerca de 800 mil km2 e est includa em nove estados: Piau, Cear, Rio Grande do Norte, Paraba,Alagoas, Sergipe, Bahia, Pernambuco e Minas Gerais. O nome Caa- tinga de origem indgena e significa mata branca. 8. 8 Caractersticas da Caatinga As plantas da Caatinga apresentam modificaes que permitem sua sobrevivn- cia nos longos perodos de falta de gua. Mapa de ocorrncia da Caatinga. 9. 9 So exemplos a queda das folhas na esta- o seca, a presena de caules e razes suculentas que armazenam gua e nutrien- tes, o ciclo de vida curto e a dormncia das sementes (perodo em que elas ficam biologicamente paralisadas, aguardando condies favorveis para brotar). ParasobrevivernaCaatinga,osanimais tambm se adaptaram s condies do ambiente.Adquiriram hbitos de se esconder do sol em abrigos sombreados e de sair apenas tardinha, ou mesmo apenas durante a noite, para caar. Apesar de seu aspecto feio e espi- nhento, a Caatinga rica em plantas e ani- mais, muitos deles encontrados somente nessa regio. As plantas Em boa parte da Caatinga, as plantas so meio tortas, espinhentas, de folhas pequenas que caem na estao seca. 10. 10 Leiteiro. Destacam-se: Os cactos (mandacaru, xiquexique, facheiro). As bromlias (macambiras). As leguminosas (catingueiras, jure- mas e angicos). At o momento, registraram-se cerca de 1.000 espcies para a Caatinga. Foto:LciaKiill 11. 11 Os animais Na Caatinga h uma rica variedade de animais, representados por uma diversidade de espcies. Foram anotadas 380 espcies de aves, das quais 20 j se encontram ameaadas de extino. A ararinha-azul um exemplo de ave em extino, pois no mais encontrada na natureza. Encontram-se tambm os mamferos (roedores, pres, sagis, etc.), com 148 esp- cies; os sapos e as cobras, com 47 espcies cada; e os lagartos, com 44. Exemplos de animais caractersticos da Caatinga: o veado- Cacto Rabo-de-raposa. Foto:LciaKiill 12. 12 catingueiro, a raposa, os lagartos, os tatus, a jararaca-da-seca, a ararinha-azul, as avo- antes e a asa-branca. Sag. Sapo-cururu. Por que preciso preservar a Caatinga A utilizao inadequada da Caatinga pode levar ao desaparecimento de algumas espcies e conseqente perda da biodi- versidade. Foto:LucianoLima Foto:CarlosA.daSilva 13. 13 A Caatinga deve ser considerada patrimnio biolgico de valor incalculvel e ser preservada e protegida, pois ela s existe no Brasil. A vegetao tem como finalidade proteger o solo. Sem ela, o terreno sofre o processo de eroso, causado pelo vento e pela gua que arrastam os sedimentos (terra, detritos vegetais). Esse processo torna o solo menos frtil e com pouca capa- cidade de armazenamento de gua. Como conseqncia, o clima da regio se torna cada vez mais seco e, ao longo dos anos, a regio da Caatinga poder se transformar em um deserto. Por causa do manejo inadequado da Caatinga, algumas localidades do Nordeste j apresentam problemas de desertificao: Gilbus, PI; Irauuba, CE; Serid, RN; e Cabrob, PE. Na Caatinga, existe um grande nmero de plantas e de animais utilizados pelo sertanejo, como, por exemplo, alimentos, remdios, forrageiras e fontes de madeira 14. 14 e de energia. Porm, esses recursos esto sendo explorados de forma inadequada, o que tem provocado o desaparecimento de muitas espcies. Por isso, devemos nos preocupar em preservar a Caatinga. Utilizar os recursos que ela oferece, sem destru-la. O que se recomenda o manejo sustentvel, para que as plantas e os animais possam se reproduzir de modo satisfatrio e em quanti- dades que permitam a constante restau- rao do ecossistema. A utilidade das plantas As plantas nativas apresentam diversas utilidades e podem, pois, ser aproveitadas de muitas maneiras. Medicinais Folhas, cascas, razes, frutos e semen- tes so utilizados na preparao de chs, 15. 15 garrafadas, lambedores, xaropes, entre outros. Aaroeira, a barana, a caatingueira e a imburana-de-cheiro so exemplos. Fontes de alimento e abrigo para as abelhas Muitas flores fornecem nctar e plen para as abelhas, a partir dos quais elas fabricam o mel.Alm disso, as plantas forne- cem leos, ceras e resinas utilizados na construo dos ninhos e colmias. J os ocos dos troncos servem de abrigo para as colmias. As juremas, a aroeira, os angicos e os marmeleiros so exemplos de plantas melferas. Forrageiras Folhas, troncos, frutos e razes de quase todas as plantas da Caatinga so utilizados como alimento para o gado bovino, os bodes e as ovelhas. Merecem destaque o moror, a manioba, a caatin- 16. 16 Frutferas Muitas espcies produzem frutos comestveis, mesmo nas pocas mais secas do ano. Alm de fontes de vitaminas e sais minerais para o sertanejo, esses frutos servem de alimento para os animais da regio. O umbuzeiro, o juazeiro, o umari- zeiro, a quixabeira, o mandacaru e o mara- Animais domsticos se alimentando de plantas forrageiras nativas. gueira, o quebra-faca, o moleque-duro, o mandacaru e a coroa-de-frade. Foto:CarlosA.daSilva 17. 17 cuj-do-mato so exemplos de espcies frutferas da Caatinga. Fontes de leo, cera e fibras A oiticica e a faveleira (leo vegetal), a carnaba (cera e palha) e o caro (fibras) so exemplos de plantas cujos produtos so comercializados. Servem, portanto, como fonte de renda para o sertanejo. Madeireiras e energticas Muitas espcies produzem madeira para usos diversos, como estacas, moires, linhas e ripas. Desse grupo, so exemplos o angico, a aroeira, a barana e a jurema. Muitas outras servem para lenha e carvo. Ornamentais So plantas usadas na montagem de arranjos em vasos e na decorao de praas e jardins. Exemplos: caros, macambiras e cactos em geral. 18. 18 A utilidade dos animais Os animais da Caatinga so provedo- res de carne, ovos, mel, gordura, couros e peles. Plantas da Caatinga utilizadas com fins madeireiros. Foto:MarcosAntnioDrumond 19. 19 A caa e a pesca so costumes antigos e ainda hoje so praticados, embora a caa tenha diminudo bastante, justamente por causa da reduo ou do desaparecimento quase completo de muitas espcies. Os pres, os mocs, as cutias, os catetos, os tatu-pebas, os tatus-verdadeiros, os nhambus