1 Plano de Aula Introdu§£o Conceitos Bsicos KQML FIPA ACL Exemplo –...

download 1 Plano de Aula Introdu§£o Conceitos Bsicos KQML FIPA ACL Exemplo – Agente Comprando Livros

of 49

  • date post

    19-Apr-2015
  • Category

    Documents

  • view

    108
  • download

    2

Embed Size (px)

Transcript of 1 Plano de Aula Introdu§£o Conceitos Bsicos KQML FIPA ACL Exemplo –...

  • Slide 1
  • 1 Plano de Aula Introduo Conceitos Bsicos KQML FIPA ACL Exemplo Agente Comprando Livros
  • Slide 2
  • 2 Motivao : Agentes Reflexo Cenrio dinmico Integrao de diversas mdias e dispositivos Como implementar? Sugesto: usar Agentes Inteligentes Agentes Ideal para aplicaes autnomas, mveis e inseridas em uma sociedade Naturalmente capazes de: Reagir de forma autnoma e reativa Raciocinar de forma pr-ativa Adaptar-se ao ambiente onde esto inseridos Iteragir com outras entidades
  • Slide 3
  • 3 Recordar Viver... IAD lembra... Comportamento Social Organizao Interao Coordenao Cooperao Ao
  • Slide 4
  • 4 Recordar Viver... II RDP Agentes projetados para o problema. Benevolncia Organizao em Tempo de Projeto Controle Global Pouca Flexibilidade SMA Agentes preexistentes Raciocnio sobre aes, cooperao Maior Flexibilidade Organizao Varivel Interaes Genricas
  • Slide 5
  • 5 Assim... SMA... Realiza a decomposio das tarefas Tem conflitos...ou junta esforos varivel... Como isso acontece?? Interao a chave...
  • Slide 6
  • 6 Motivao : Agentes Iterao Soluo compartilhada de problemas Requisito bsico Mecanismo de Comunicao Linguagem comum Infra-estrutura Mas como implementar?
  • Slide 7
  • 7 Conceitos Bsicos
  • Slide 8
  • 8 Comunicao... Relao dinmica mediada por sinais, que quando interpretados, afetam os agentes envolvidos. Possibilita... Cooperao e Coordenao Em outra palavras... Comunicao : Uma forma de ao Utilizada pelo agente para tornar realidade um estado do mundo
  • Slide 9
  • 9 Tipos de comunicao Telepatia Acesso direto uma Knowledge Base (KB) Lendo a mente... Cada um com sua KB KB compartilhada Problemas Podem usar o mesmo smbolo para denotar coisas diferentes Podem usar smbolos diferentes para denotar a mesma coisa Linguagem de Comunicao de Agentes (LCA) Comum
  • Slide 10
  • 10 Atos de Fala Categorizao das expresses humanas qto a Inteno do locutor Impacto do ato comunicativo no receptor Existem aproximadamente 4600 atos de fala! No esse o objetivo de uma LCA Ajuda a decidir as primitivas das LCAs Todo primitiva de uma LCA um ato de fala
  • Slide 11
  • 11 Para dar certo... Segundo Austin preciso saber o significado da performativa O procedimento deve ser executado corretamente Deve haver sinceridade.
  • Slide 12
  • 12 Para dar certo... Searle Condies normais de Entrada/Sada Condies Preparatrias Receptor capaz de realizar ao Emissor acredita nisto Receptor no deve fazer isto de qq maneira
  • Slide 13
  • 13 Atos da Fala Linguagem Humana Atos comunicativos so interpretados a partir da mensagem e do contexto Nem sempre esta interpretao bvia Dificuldades Cale-se ! (Comando) Por favor, voc pode se calar ? (Pedido) Voc vai se calar ou no ? (Pergunta) Eu gostaria que voc se calasse. (Informao)
  • Slide 14
  • 14 Atos da Fala : Categorias Representativos Expressam uma Proposta Ex: Vamos jogar boliche amanh? Diretivos Expressam um Pedido ou Comando Ex: Cale-se! Comissivos Expressam Promessa ou Ameaa Ex: Eu prometo doar R$1.000,00. Expressivos Expressam Desculpas ou Agradecimentos Ex: Desculpe pelo atraso Declarativos Mudam o Estado do Mundo Ex: Eu os declaro marido e mulher! Veredictos Expressam um Julgamento Ex: West criminoso.
  • Slide 15
  • 15 Vrias Dimenses dos Atos da Fala Ato Locucionrio Emisso da mensagem Voc poderia fazer um caf? Efeito Ilocucionrio O que o locutor entende por algo Ele me pediu para fazer caf Efeito Perlocucionrio O real efeito do ato comunicativo no receptor Ele me fez fazer caf Ideal Efeito perlocucionrio previsvel Para um dado Ato Locucionrio, Efeito Ilocucionrio = Efeito Perlocucionrio. Ou seja, prever a reao do receptor!
  • Slide 16
  • 16 Linguagens de Comunicao Baseadas na Teoria dos Atos da Fala (Searle, Austin) Objetiva a troca de informaes entre agentes Transporte de mensagens na rede atravs de protocolos de baixo nvel SMTP, TCP/IP, IIOP ou HTTP Esse transporte transparente para o usurio Para o KSE, uma LCA dividida em: Ontologia Linguagem interna (lgica) Codificao do contedo Linguagem externa Ato Locucionrio (Performativa) Encapsulamento de infomaes para o roteamento
  • Slide 17
  • 17 Ontologias Definio Vocabulrio cujos termos so relacionados a um certo domnio e precisamente definidos. Os relacionamentos entre esses termos tambm so especificadas usando tcnicas de modelagem formal Uma vez especificada Pode-se construir uma KB relacionadas ao domnio coberto pela ontologia Esta KB pode ser compartilhada com outros agentes interessados em conhecimentos sobre este domnio
  • Slide 18
  • 18 Linguagem Interna (LI) O que ? Linguagem em que deve ser codificado o conhecimento que se deseja compartilhar com o destinatrio da mensagem Exemplos KIF ( Knowledge Interchange Format ) Verso prefixada (LISP like) da lgica clssica de primeira ordem No est totalmente implementada para uso comercial Produzida pelo KSE Linguagem natural Prolog, SQL, LISP RDF (Resource Description Framework) XML Ato Comunicativo Contedo Mensagem
  • Slide 19
  • 19 Exemplo de uma Mensagem KIF (=(temperatura m1) (scalar 40 Celsius)) (defrelation solteiro (?x) := (and (man ?x) (not(casado ?x))))
  • Slide 20
  • 20 Linguagem Externa ( LE ) O que ? Linguagem que encapsula: O ato comunicativo = ato locucionrio = performativa Informaes para o roteamento Agente receptor Ontologia Linguagem interna Contedo Exemplos KQML FIPA ACL
  • Slide 21
  • 21 KQML Knowledge Query and Manipulation Language
  • Slide 22
  • 22 KQML Objetivo Interoperabilidade entre agentes de software em aplicaes distribudas e/ou heterogneas Pioneira ( KSE 1994 ) Aplicaes eCommerce (negociao) Jogos BDs distribudos e/ou heterogneos Integrao de tecnologias...
  • Slide 23
  • 23 KQML : Caractersticas Principais caractersticas da linguagem: Independente de Linguagem Interna Independente de Ontologia Independente de Protocolos de Transporte de Rede Comunicao baseada nos atos da fala Performativas Sugere o uso de Agentes Facilitadores Camadas: Comunicao, Contedo e Mensagem
  • Slide 24
  • 24 KQML : Sintaxe ( performativa :sender :receiver :reply-with :in-reply-to :language :ontology :content ) Camada de Mensagem Camada de Contedo Camada de Comunicao
  • Slide 25
  • 25 KQML : Performativas Performativas Tpicas tell : informa que o contedo da mensagem est na KB do locutor ask-if : o locutor quer saber se o contedo de sua mensagem verdadeiro para o receptor advertise : o locutor quer que o receptor saiba que ele pode processar mensagens no modelo do seu contedo insert : o locutor pede ao receptor que adicione o contedo da mensagem sua KB Outras Performativas achieve, ask-about, ask-all, ask-one, break, broadcast, broker-all, broker-one, deny, delete, delete-all, delete-one, discard, eos, error, evaluate, forward, generator, monitor,
  • Slide 26
  • 26 Exemplo A1 envia a seguinte mensagem para A2... ( advertise :senderA1 :receiverA2 :reply-withid1 :languageKQML :ontologykqml-ontology :content( ask-if :senderA2 :receiverA1 :in-reply-toid1 :languageProlog :ontologyCIn :contentProfessor(X,Y)))
  • Slide 27
  • 27 Exemplo A2 pergunta ento a A1... ( ask-if :senderA2 :receiverA1 :in-reply-toid1 :reply-withid2 :languageProlog :ontologyCIn :contentProfessor(X, Agentes) )
  • Slide 28
  • 28 Exemplo A1 responde ao agente A2... ( tell :senderA1 :receiverA2 :in-reply-toid2 :reply-withid3 :languageProlog :ontologyCIn :contentX = Geber, X = Flvia, X = Jacques... )
  • Slide 29
  • 29 KQML : Problemas Ambigidade e Termos Vagos O significado de performativas pouco claro. Performativas com nomes inadequados Algumas performativas tm nomes que no correspondem diretamente ao ato comunicativo a ela associado Ex: tell Ausncia de performativas Alguns atos comunicativos no esto representados entre as performativas disponveis - Comissivas
  • Slide 30
  • 30 FIPA Foundation for Intelligent Physical Agents www.fipa.org
  • Slide 31
  • 31 FIPA : Histrico FIPA uma associao sem fins lucrativos fundada em 1996 e localizada em Genebra na Sua Objetiva promover o sucesso das aplicaes, servios e equipamentos baseados em agentes Prov especificaes para maximizar a interoperabilidade entre aplicaes, servios e equipamentos baseados em agentes
  • Slide 32
  • 32 FIPA FIPA x KQML Ao contrrio do KQML, as especificaes FIPA tm uma grande preocupao com a modelagem semntica Linguagem de Comunicao de Agentes FIPA ACL Linguagens Internas FIPA Content Language Library (FIPA-CLL) FIPA-SL, FIPA-RDF, FIPA-CCL, FIPA-KIF, Mas tambm independente de LI
  • Slide 33
  • 33 FIPA ACL Sintaxe Praticamente igual ao KQML Conjunto de performativas menor accept-proposal, agree, cancel, cfp, confirm, disconfirm, failure, inform, inform-if, inform-ref, not-understood, propose, query-if, query-ref, refuse, reject-proposal, request, request- when, request-whenever, subscribe Semntica Definida precisamente Mensagens so mapeadas na FIPA-SL
  • 47 Comportamento do Agente Comprador (cont.) case 1: // Receive all proposals/refusals from seller agents ACLMessage reply = myAgent.receive(mt); if (reply != null) { // Reply received if (reply.getPerformative() == ACLMessage.PROP